Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Pastor Santana’

PR. SATANA irma LOURDES.jpg

Pastor Antonio Santana, ao lado da esposa, irmã Lourdes

Em assembleia geral extraodinária, pastor Jairo Santana foi empossado presidente da AD em Ribeirão Preto. Ele substituiu seu pai, pastor Antonio Santana, jubilado no mesmo dia (27jul). O nome de pastor Jairo só foi publicado ontem, no dia da posse, no final da tarde. À noite, no Grande Templo, à Avenida Eduardo Andrea Matarazzo, 3.820, na Via Norte, o nome foi oficializado.

Dirigida pelo presidente da Convenção dos Ministros das Assembleias de Deus no Triângulo Mineiro (Comadetrim), pastor Álvaro Além Sanches, a assembleia no grande templo, que por suas dimensões é usado somente para grandes eventos, recebeu membros da cidade, da região, de cidades do Estado e de outros Estados.

PASTOR JAIRO

Pr JAIRO

Pastor Jairo, 59 anos, é conhecido por sua simplicidade e, portanto, querido por todos. Era o segundo vice-presidente e pastoreava a igreja no Planalto Verde, bairro de Ribeirão Preto e uma das mais destacadas congregações. Sempre atuou secularmente para sobreviver, e somente nos últimos anos passou a dedicar-se mais à obra do SENHOR e ajudar seu pai. Sempre foi fiel e não carrega nada que possa causar-lhe impedimento de assumir tamanha honra.

PR JAIRO ROSANA.jpg

Sua esposa Rosana (foto acima) sempre foi bastante ativa na igreja, bem como os filhos: Gesiel é obreiro, graduado em Teologia pelo seminário Ibad; Josane, Gisele e Jéssica também estão presentes na efetiva cooperação à obra do SENHOR.

Pastor Jairo trabalhava anteriormente na Prefeitura de Ribeirão Preto e agora recebe a tarefa de substituir o pai, homem de atuação e história ministerial brilhante, decisivo e líder respeitado.

PASTOR SANTANA

Baiano da cidade de Baixada da Palmeira, de família extremamente católica romana, converteu-se ao cristianismo a partir da mudança na família de 14 filhos. Seu pai Eloy foi o primeiro a receber Jesus Cristo.

Pastor Santana tornou-se cristão aos 7 anos e foi batizado aos 12, em 12 de agosto de 1944. Casou-se com a mineira Lourdes, em 54. Irmã Lourdes conviveu com uma enérgica família de letônios, em Varpa-SP, região de Marília. Eram cristãos batistas que vieram para o Brasil, em fuga da perseguição comunista.

Ele trabalhou por 14 anos na indústria química Rhodia, em Santo André. Foi ordenado ao ministério sob a liderança de pastor Joaquim Marcelino, em Santo André, no ano de 1970. Transferido para assumir a AD em Franca, em 1975, depois, assumiu a AD em Ribeirão Preto.

Pertenceu à primeira Convenção das ADs em São Paulo, a Comadespe, a mais tardia do Brasil, fundada por pastores-líderes, dentre eles, João Alves Corrêa, José Ezequiel da Silva, Alfredo Reikdal, Joaquim Marcelino da Silva, Walter Brunelli, José Dutra de Moraes…, que solicitaram permissão para sua instalação ao pastor Cícero Canuto de Lima, resistente à criação.

Também foi membro da Confradespe, e em uma das assembleias nacionais da Convenção Geral das Assembleia de Deus no Brasil (CGADB) foi eleito primeiro-tesoureiro. Seu irmão, saudoso pastor Rodrigo Santana teve grande respeito no Nordeste e foi notável líder das ADs no Estado da Bahia, época em que todo o Estado viveu sob unificação.

De seus 84 anos, passou 32 anos na presidência da AD em Ribeirão. Sua dinâmica e visão de Reino proporcionaram à igreja crescimento ímpar. Tanto na cidade de Ribeirão, quanto em cidades mineiras, a igreja marcou presença na evengelização e construção de templos e, posteriomente, em inúmeras cidades do interior de São Paulo, com mais de 140 congregações.

GRANDE TEMPLO

Com ‘passos firmes’ e sob ‘a bênção do SENHOR’ que ‘enriquece e não acrescenta dores’, versículo que sempre citava, bem como a firmeza de seus passos, pastor Santana iniciou a construção do templo (foto abaixo) em 2003.

Gde Templo Abobada.JPG

Somente nas estruturas metálicas (foto acima) consumiram 350 toneladas de ferro, para cobrir 90 metros de diâmetro e agrupar 12 mil pessoas, sempre com as contas em dia e sem dívidas.

“Queremos realizar algo que venha glorificar ao Senhor”, disse pastor Santana, durante visita ao templo, em época de sua construção.

Grande temploo

Grande Templo da AD em Ribeirão Preto

 

 

 

 

 

 

 

Anúncios

Read Full Post »

No dia 11 de fevereiro (sábado) será realizada a eleição para escolha do novo presidente da AD no Rio Grande do Norte. A eleição ocorrerá no templo-central em Natal.  Dois candidatos disputam o cargo: Pastores Martim Alves da Silva, da AD em Mossoró; e Ivan Gonçalves de Oliveira, da cidade de Nova Cruz.

 São 386 eleitores aptos a votarem, compostos de ministros da igreja. O pastor, professor universitário, escritor e conferencista Elinaldo Renovato, forte candidato à disputa e que muitos já cogitavam o seu nome, não disputará o pleito.

Título (opcional)

Pastores Ivan Gonçalves e Martins Alves, a partir da esquerda, são os únicos candidatos

Pastor Santana jubilado

Homem respeitado por sua história de vida e ministerial, pastor Raimundo João de Santana, também conhecido por seu carisma e bondade, será jubilado. Embora sempre ativo, atravessa momentos de dificuldades quanto à saúde física.

Nascido no município de Nísia Floresta (RN), em 13 de dezembro de 1924, casou-se com Ivone Oliveira de Santana. O casal teve quatro filhas: Míriam (falecida), Marly, Marlene e Marlúcia.

Sua conversão ao Evangelho ocorreu em 26 de junho de 1944. Seis meses depois foi batizado em águas. Desde então, toda sua história foi devotada ao serviço do Senhor.

Ministério profícuo

Consagrado ao Diaconato em 1950; a presbítero em 1953 e ao pastorado em 1962, pastoreiou também as Assembleias de Deus em Santa Cruz, Caicó e Parnamirim. Neste município exerceu expressiva liderança, durante 27 anos. Sua notoriedade foi tanta que, por diversas vezes, foi convidado por políticos locais a se candidatar a prefeito da cidade. A todos os convites declinou educadamente porque sua missão sempre fora com o Senhor Jesus, pois mantinha a convicção de ter sido convocado para ser pastor de ovelhas e não político.

Com a trágica morte do pastor-presidente da Assembleia de Deus no Estado, João Gomes da Silva, vítima de acidente automobilístico, pastor Santana assumiu a liderança da igreja bem como a Convenção estadual. Em 2008 realizou o maior batismo da história do Estado, com 2,1 mil batizandos, na Praia do Forte, durante as comemorações do Centenário das ADs no Brasil.

Read Full Post »

Jovens de toda a região de Ribeirão Preto diante do Senhor

Uma emocionante visão de uma multidão de jovens alinhados ao evento, unida à graça divina coroou de êxito o Congresso de jovens. Muitas lágrimas derramadas, renovação de compromisso com o Senhor, alegria, louvores e esperança nas promessas celestiais, marcaram o 31º Congresso da Mocidade da Assembleia de Deus do Campo de Ribeirão Preto. Muitos jovens voltaram ao Senhor outros receberam como Senhor e Salvador.

Sob o tema Um Novo Tempo para esta Geração com base em Atos 4.32-35, o Comaderp começou no dia 15 e termina no dia 18, com o culto de ação de graças. O início ocorreu no templo-central e no sábado e domingo, à noite, no ginásio de esportes Cava do Bosque. Os 5 mil lugares da famosa quadra de esportes, palco de eventos regionais e nacionais foram totalmente ocupados por jovens de Ribeirão Preto e toda região.

 A Cava do Bosque recebe  jovem predispostos à adoração

Como o Congresso se realiza dentro do Centenário da AD, os jovens contaram com entusiasmo (literalmente cheio de Deus), o hino oficial do Centenário, Avante Vai. Outros cânticos também causaram muita alegria, como no momento em que um bonito e gigante conjunto de jovens nas arquibancadas do ginásio cantou.

A graça e o vigor joviais ofereceram uma bela moldura ao local, enquanto a orquestra apresentava a harmonia para o brilho da grandeza, refletida no louvor e adoração ao Senhor. No final do hino, enquanto cantavam, todos expressaram também com as mãos, por meio da linguagem de sinais, a frase, que irradiou graça: “Santo, Santo, és…!”

 

Um batalhão de jovens canta com vigor ao Senhor

Na sexta-feira, no templo-central, pastor Cláudio Gama, da AD em Niterói (RJ), liderada por pastor Celso Brasil, pregou sobre o próprio texto base do evento, em Atos 4. O pregador enfatizou o desejo divino de relacionar-se com o homem e exortou a igreja à unidade: “O Senhor vai restaurar a unidade”, declarou. Falou ainda sobre a hipocrisia que se vê quando o assunto é unidade, pela notabilidade de facções, divisões e rebeliões, atitudes abomináveis ao Senhor.

 Pastor Cláudio Gama

sob a Graça

divina anuncia a Palavra

Houve manifestação da ação divina com expressão de alegria no Espírito, enquanto várias pessoas receberam Jesus e outras que voltaram ao Senhor.

No sábado e domingo, os cultos foram realizados na quadra de esportes Cava do Bosque, com início às 18h. Prudente e exemplo de fidelidade ao horário de término, pastor Antônio Santana, concluiu o culto pouco antes das 9h.

Testemunho

O pregador nos dois dias foi pastor Eduardo Lopes, da região de Araçatuba (SP). Ele deu testemunho da profecia da irmã Lourdes, esposa do pastor Santana. O casal estava impedido cientificamente de ter filhos. Mas ela profetizara que o casal teria um filho e a palavra dita por irmã Lourdes cumpriu-se, pois ele apresentou sua esposa, que mantinha ao colo o seu filho de pouco mais de um ano.

Ele pregou sobre o compromisso de gerações, comentou sobre Abraão, seu filho Isaque, o sacrifício no Monte Moriá e que os jovens presentes fazem parte de uma geração com a marca de Cristo, assim como Isaque – tipo de Cristo – possuía a marca da circuncisão.

Gratidão ao Senhor

Pastor Santana ladeado de diretores e outros companheiros. À primeira vista, os líderes da Umadecarp, presbíteros Julio Cesar e Lucas Braga, segundo e primeiro líderes, respectivamente

“Sou grato a Deus pela juventude da nossa igreja, um povo forte, dedicado à Palavra e compromissado com o Evangelho”, disse o pastor-presidente Antônio Santana. Com vigor e presença forte, pastor Santana acompanhou de perto todos os movimentos da mocidade da igreja, com seu apoio e liderança, sempre aplaudida também pelos jovens.

 Pastor Santana

 fala aos

 jovens

 A União da Mocidade do   Campo de Ribeirão Preto (Umadecarp) tem como líder-geral o jovem-presbítero Lucas Braga e coordenação do pastor Jairo Santana, 2º vice-presidente da igreja (Fotos: Elen Mesquita).

Uma grande harmoniosa banda composta de músicos de várias congregações e a Orquestra Filamônica também deram o seu brilho musical ao evento.

Read Full Post »

Obra de fé consome toneladas de material e muita energia para, futuramente, ser o local para a manifestação da Água da Vida; pastor Santana mostra dinâmica do Reino, ‘com passos firmes’ na Palavra (à direita)

Semeando a Palavra – A 5km do centro da cidade, o templo iniciado em janeiro de 2003, tem 90m (um quarteirão) de diâmetro, estacionamento para mil veículos e capacidade para 12 mil pessoas. Somente na cobertura foram empregados 350 mil quilos (350 toneladas) de estrutura metálica, com investimento na ordem de R$ 3,5 milhões, conforme informações, do mestre-de-obras, pastor Vitor Borges.

Arquibancadas (laje de assento) pré-fabricadas são montadas em blocos (painéis), com o peso de 2.325k cada, que, em linha reta, chegaria a 4,600m e mais 60km em fio de protensão. Cada viga (jacaré) de sustentação de cada vão da arquibancada, no total de 89, pesa 10 toneladas, no total de 845 toneladas.

A largura da parte mais alta chega a 8,5 x 4,20m na parte mais baixa, com 6m em média. O total é de 33 vãos desses e o total chega a 650 peças, com o peso médio de 1m3 de concreto. As 650 peças perfazem o total de 1.625 toneladas. E soma-se a isso as passarelas que chegam a 118m3 ou 296 toneladas.

Toneladas de cimento, ferro e pregos

Foram usados até julho, 19.299 sacas de cimento, trabalhou-se 18.716 dias, e investido o total de 2.727m3 de concreto e 98 mil kg de ferro, 1,3 mil quilos de arame e 688k de pregos.

Visto por satélite

Por suas gigantescas dimensões, o Grande Templo, localizado à Avenida Andrea Matarazzo (Via Norte), no Parque Industrial (Tanquinho), pode ser visto por satélite pelo Google Earth, opção satélite – insira: avenida andrea matarazzo, ribeirao preto, sp, e siga o trajeto da mesma, sentido São Paulo, até chegar ao templo. Você verá a abóbada prateada, do lado direito da avenida, e, se clicar nela, terá ampliada a sua imagem.

Sistema de captação de água pluvial

Politicamente correto, o templo contará com sistema ecológico e de proteção ao Meio Ambiente, por meio da captação da água da chuva. Segundo o líder da Região Eclesiástica de Ribeirão Preto, pastor Antônio Santana, “queremos realizar algo que venha glorificar ao Senhor e, por isso, vamos caminhar de forma a não postar-se na contramão da proteção do ecossistema. Daí o nosso interesse de aproveitar as dimensões da estrutura da cobertura e usá-la para a captação de água pluvial”.

Read Full Post »

Veja trata de questões internas das ADs no Brasil

Tratadas com destaque, as renúncias dos pastores Silas Malafaia (RJ) e Antônio Santana (SP), respectivamente, 1º vice-presidente e 1º tesoureiro da Convenção Geral (CGADB), foram publicadas na coluna Radar, da Veja, que chegou ontem às bancas.

Era justamente isso que se temia. Além dos movimentos internos em busca de Justiça, com arregimentação de documentos comprobatórios de irregularidades, a partir da administração da CPAD, a notícia começa a vazar para a mídia secular.

Dentre os documentos levantados está a suspeita de envio irregular de dólares para o exterior, pela CPAD, por meio do doleiro Toninho Barcelona, envolvido no Mensalão. Na época, ao quebrar o sigilo bancário do doleiro, a Polícia Federal teria descoberto a fraude e chegou a `visitar` a Casa. Houve um grande corre-corre.

Deu na Veja

Com atenção ao pastor Silas Malafaia, que quer congregar até mil igrejas, o texto diz: “O televangelista Silas Malafaia está sedento. Sua meta é implantar, nos próximos cinco anos, 1 000 templos pelo Brasil afora. Hoje, ele comanda 97 igrejas. O plano só será possível porque o pastor deixou, há duas semanas, a vice-presidência da Convenção-Geral das Assembleias de Deus no Brasil, que congrega 60% dos pastores da denominação. Malafaia saiu afirmando que a direção se tornara um “caso de polícia”. Na semana passada, o tesoureiro fez o mesmo, dizendo haver “tremendas irregularidades”. Se as acusações forem comprovadas, será um ganho duplo para Malafaia: ele ficará livre dos problemas e também das amarras que a organização impõe à criação de templos em áreas de outros pastores”.

Read Full Post »

A renúncia do pastor Antônio Silva Santana, líder da AD em Ribeirão Preto (SP), ao cargo de 1º tesoureiro da CGADB fora anunciada ontem, no Blog do Pastor Robson Aguiar. Fui avisado por um colega, mas esperei para confirmar com pastor Santana.

Pastor Santana (à direita) ao lado do pastor Wellington, após eleição da CGADB em Serra

A pessoa dissera que nesta semana, ele já havia colocado o cargo à disposição do presidente da CGADB, de forma verbal, mas pastor Wellington teria resistido e solicitado para que ele permanecesse.

Ainda não consegui o contato, mas a confirmação vem ainda do pastor Sostenes Cavalcante, ligado ao grupo do pastor Samuel Câmara. Segundo ele, pastor Santana entrega oficialmente o cargo na segunda-feira, 31.

Pastor Santana e pastor Silas Malafaia, que também renunciou no último dia 15, foram os dois únicos eleitos ligados ao grupo ligado ao pastor Samuel Câmara, na última Convenção Geral realizada em Serra, Grande Vitória (ES), em abril de 2009.

Líder de uma grande região eclesiástica, com matriz em Ribeirão Preto e um enorme templo, pastor Santana, homem sério e respeitado, deparou-se com inúmeros empecilhos. Possivelmente, foram os principais motivos que o levaram à renúncia.

AGE e eleição de outro vice

Por outro lado, a realização da extraordinária (AGE) em Campo Grande (MS), em setembro, deverá indicar reviravoltas e dança de cadeiras, para que a primeira-vice-presidência seja ocupada.

Conforme informação extra-oficial, a ideia é provocar nova eleição para preencher o cargo de 1º vice-presidente e não propriamente conduzir o segundo colocado da última eleição.

Heróis

No mundo temporal, o campo político pinga fogo, provoca calorosas, apaixonantes e apimentadas disputas, dá sabor e enche os olhos, e provoca até ‘queima de arquivos’, como enfoca pastor Carlos Roberto Silva (Point Rhema – vale a pena ler), enquanto o pró-Reino… “Porque é mister (necessário) que venham escândalos…” (Mt 18.7).

Porém, deve-se ter em mente que é sempre mais inteligente e seguro (quanto ao eterno), ser candidato à ‘voz no deserto’, que propriamente a um eco heróico, temporal e atraente tal qual a uma linda flor, que não demora a murchar, secar e cair.

Quer comentar o artigo? Clique aqui

Read Full Post »

J.F.PIMENTA

O terceiro maior templo evangélico do país está sendo erguido em Ribeirão Preto. É o grande templo da Igreja Assembléia de Deus, na Via Norte, bairro do Tanquinho. Quando for entregue, em meados de 2012, terá capacidade para 12 mil fiéis. A obra é uma ideia do pastor Antônio da Silva Santana (foto). Hoje, só existem dois templos maiores: o da Igreja Deus é Amor, para 36 mil pessoas sentadas, no Cambuci, região central de São Paulo; e o de Cuiabá, também da Assembléia de Deus, para 20 mil pessoas sentadas. O de Ribeirão será do tamanho do grande templo da Igreja Universal do Reino de Deus, localizado em Del Castilho, Rio de Janeiro, conhecido com o “Maracanã” do bispo Edir Macedo.

Igreja Assembléia de Deus
Início da obra: 2001
Término previsto: 2012
Área: 32.500 m²
Área construída: 18.800 m²
Local: Via Norte
Bairro: Tanquinho
Capacidade: 12 mil sentados
Custo: R$ 17 milhões
Material usado até agora
Ferragem: 400 toneladas
Concreto: 2.500 toneladas
Cimento: 15 mil sacas de 50 kg
Circunferência: 289 metros
Altura: 14 metros
Estacas: 482 (com sete metros de profundidade)

Assembléia de Deus terá 3º templo do país

Pastor Santana mostra sua ousadia com a construção do mega templo e ainda se dispor a uma consativa campanha para conquistar a 1ª. Tesouraria do concílio assembleiano

Pastor Santana mostra sua ousadia com a construção do mega templo e ainda se dispor a uma cansativa campanha para conquistar a 1ª. Tesouraria do concílio assembleiano

O terceiro maior templo evangélico do país está sendo erguido em Ribeirão Preto. É o grande templo da Igreja Assembléia de Deus. A obra, em fase de acabamento, pode ser vista de longe por quem trafega pela Via Norte, no bairro do Tanquinho. Quando for entregue, em 2012, terá capacidade para doze mil fiéis.

Hoje, só existem dois templos maiores: o da Igreja Deus é Amor, para 36 mil pessoas, no Cambuci, região central de São Paulo; e o de Cuiabá, também da Assembléia de Deus, para 20 mil pessoas. O de Ribeirão será do tamanho do grande templo da Igreja Universal do Reino de Deus, localizado em Del Castilho, Rio de Janeiro, também para doze mil pessoas, dez mil na nave principal e outras duas mil na nave auxiliar.
A informação, sobre a capacidade dos templos é da Eclésias, uma publicação evangélica mensal, sem vínculo com qualquer Igreja e editada em São Paulo.

Templo em forma de ginásio de esportes é um dos maiores do país

Templo em forma de ginásio de esportes é um dos maiores do país

Em Ribeirão

O templo de Ribeirão está sendo construído num terreno de 32.500 m², comprado no final da década de 90. Nas margens da Via Norte, na pista sentido centro-bairro, o local precisou ser aterrado e nivelado para receber a grande estrutura. A entrada principal será pela Via Norte. Nos fundos, está a rua Rafael Delfina, ainda de terra de batida, no trecho do templo.

A obra, iniciada em 2001, tem vários engenheiros e um único mestre-de-obra: o pastor Vitor Borges de Oliveira, 63. Pedreiro há quarenta anos, o pastor Vitor toca o grupo de trabalhadores que já teve 50 homens, nos primeiros anos, e hoje reúne cerca de dez.
A fase mais onerosa da obra, segundo o pastor Vitor, vai começar agora: é o cabamento. O templo tem que ser fechado, de preferência com vidro, numa circunferência de 289 metros. A cobertura, com estrutura de aço galvanizado, vai receber placas de alumínio com recheio apropriado para isolar calor e barulho. O piso da nave deve ser de granito. O púlpito e o tanque batismal ficarão na parte do fundo. As arquibancadas terão assentos de plástico individuais. Pelo seus cálculos, serão necessários mais R$ 9 milhões.

O pastor explicou que o templo vai disponibilizar 31 salas sobre sua laje da arquibancada. No local, poderão funcionar escolas e uma série de atividades sociais e de aprendizado. Para se ter uma ideia, cada compartimento, se transformado em sala de aula, poderá comportar 30 alunos. Mas a Assembléia de Deus promete construir outro prédio, na área do templo, para o funcionamento de uma escola, que deverá ser tocada pelo município ou Estado.

Pastor Santana é o tesoureiro da Assembléia

Perto de completar 77 anos, no dia 13 de junho, o pastor Antônio Silva Santana acaba de ser eleito o primeiro tesoureiro das Igrejas Assembléia de Deus do Brasil. A eleição foi o reconhecimento ao trabalho de evangelização que ele desempenhou especialmente em Ribeirão Preto. Ao chegar, há 25 anos, havia apenas quatro templos na cidade. Hoje são 45 e cerca de vinte mil fiéis, números que elevaram a Assembléia de Deus à condição de maior evangélica local. Na região, o crescimento também foi incomum. São 65 templos em 25 municípios. Sertãozinho tem 11.

Foi o pastor Santana, baiano de Cruz das Almas, quem orientou a compra do terreno, no começo dos anos 90. Ele planejou também a construção do templo para doze mil pessoas. As obras, iniciadas há nove anos, são bancadas unicamente com a colaboração dos fiéis.

“Aqui tudo é muito bem calculado. É claro que temos pressa em concluir o templo mas não devemos atropelar as nossas limitações”, disse.

O grande objetivo da Assembléia de Deus é promover os cultos em seus 45 templos espalhados por Ribeirão durante a semana e, aos domingos, reunir os fiéis no grande templo. O lugar sediará também grandes eventos, como o Congresso da Mocidade, que chega a reunir 15 mil pessoas; e a confraternização do Círculo de Orações.

Sabado, 23 de Maio 2009 – 20h8 (A Cidade, Ribeirão Preto-SP) http://eptv.globo.com/barraacidade/imagens/logo_eptv.jpg

Read Full Post »