Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘assembléia de deus’

Douglas clay

Doug (Douglas) E. Clay foi eleito superintendente-geral das Assembleias de Deus dos Estados Unidos. Ele foi eleito nesta quarta-feira (10/8/17), e substitui pastor George O. Wood, que ocupou o cargo por 10 anos. Wood retirou o seu nome da disputa.

Wood pediu aos eleitores do Conselho Geral em Anaheim que não o considerassem mais para o cargo.

“Foi um maravilhoso privilégio servir 24 anos”, declarou Wood, que atuou 14 anos como secretário-geral, antes de sua eleição como superintendente-geral.

Wood usou um microfone para dizer que acreditava que o Espírito Santo o levava a se afastar.

Em seguida, os cinco outros membros da Liderança Executiva, incluindo o então tesoureiro-geral Douglas Clay, abraçaram Wood, enquanto a multidão aplaudia. Clay, aos 56 anos, é o membro mais novo eleito.

Wood serviu como superintendente-geral desde o Conselho Geral em Indianápolis-EUA em 2007. Ele substituiu Thomas Trask, que optou por renunciar ao meio do seu mandato.

CONQUISTAS

Sob a liderança de Wood como superintendente-geral, registrou-se novas iniciativas, incluindo a AG Trust, que arrecadou mais de US$ 23 milhões para plantação e revitalização de igrejas, bolsas de estudo e múltiplas iniciativas e novos recursos.

Também instalou-se a Rede de Multiplicação da Igreja, levando a 3.307 novas igrejas, durante a última década. Mais de 25% das igrejas na AG foram iniciadas durante o mandato de Wood.

Wood também foi um defensor das liberdades religiosas. Como advogado, ele conseguiu conquistas valorosas relacionadas à defesa das liberdades religiosas e a ataques contra a Igreja, ao longo de seu mandato.

RECONHECIMENTO

“Nunca vou chegar aos seus pés”, disse Clay, dirigindo-se a Wood, “mas tomarei como base que você e outros criaram”.

Como tesoureiro-geral, Clay inicialmente preencheu o espaço deixado por James K. Bridges, que renunciou em 2008, após 15 anos no cargo.

Anteriormente atuou como presbítero-executivo da região dos Grandes Lagos, superintendente da Rede do Ministério de Ohio de 2004 a 2008, diretor Nacional de Jovens (1995-97) e diretor Juvenil de Ohio (1989-95).

Também foi pastor-sênior do Calvary Assembly of God em Toledo, Ohio, de 1997 a 2004.

Read Full Post »

J W 2
Pr. Wellington Junior ao lado de seu mentor e pai, pr. José Wellington B. da Costa
Por meio de reforma de sentença,  o juiz Thomaz de Souza e Melo, do Rio de Janeiro, reconheceu como legal o último pleito da CGADB e homologou a posse da diretoria eleita.

A decisão ocorreu ontem, dia 28 e, portanto, reconhece José Wellington Junior como presidente.

Na decisão, ao mudar a anterior, o juiz diz ‘Reconhecer a validade do pleito realizado’ (dia 9 de abril) ‘autorizando a posse dos eleitos para os cargos da mesa diretora e conselho fiscal, de acordo com o cronograma estabelecido pela própria entidade’.

Pastor Samuel Câmara declarou que ainda não havia se reunido com advogados, mas que está em paz, ‘ante a decisão judicial’ e que haverá recurso da decisão.

OS FATOS

As acusações, que chegaram a cancelar a eleição, por determinação judicial, suspendendo os efeitos da eleição, vão desde inscritos ilegalmente, elementos estranhos, vícios, abusos, a desrespeito às normas, incluindo as dos próprios estatutos da entidade.

Read Full Post »

CEADER Pr Hoário

Embora em número reduzido, a considerar o seu rol de membros, a Ceader se reuniu nos dias 10,11 e 12, na AD em Cordovil (Grande Rio), liderada pelo pastor Francisco José da Silva.Sob a presidência do pastor Alberto Serafim de Souza, parte dos 6 mil ministros da primeira Convenção de Ministros das ADs no Estado do Rio, a Ceader, esteve presente e ouviu pregações e discussão de assuntos pertinentes.

PRELETORES

No sábado, dia mais intenso, pregou a Palavra pastor José Wellington Junior, de Belenzinho, São Paulo. Ele exortou os ministros a partir do diálogo entre Jesus e apóstolo Pedro, com base em Mateus 16.13-19. Nos devocionais de quinta e sexta, pregou pastor Roberto José, presidente da AD em Abreu e Lima, Recife.

Na sexta-feira, cheio de Graça e autoridade, também pregou pastor Adilson Faria, presidente da AD em Mutuá, São Gonçalo-RJ. Todos os dias, à noite, pastor Eduardo Lopes, também de Belenzinho, pregou.

EQUIDADE

Houve tensão no sábado, quando tentou-se distinguir, sem rodeios e com mais intensidade um dos dois conhecidos candidatos à presidência da Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil (CGADB), que tem mais de 50 mil filiados.

Vários convencionais questionaram, com indignação, tal ação, por entenderem que o concílio deve agir com equilíbrio, isenção e sem parcialidade, por representar todos e não somente um grupo.

Isto ocorreu em função de o pastor Samuel Câmara não ter sido recebido pela mesa diretora, onde postava-se o outro candidato, pastor José Wellington, e, por fim, ainda, um jovem pastor apresentou uma moção de apoio a José Wellington Junior, que representava seu pai, por motivo de doença.

Samuelo Camara

Pastor Samuel Câmara (foto), acompanhado de seu filho, pastor Philipe Câmara, que haviam chegado de São Paulo, especialmente para prestigiarem o encontro, passou por tal constrangimento sem emitir qualquer opinião de juízo e manteve-se calado.

Entretanto, após a manifestação de indignação por considerável número de membros, pastor e advogado Antonio Manoel, autor da proposta que produziu o consenso a AGE da CGADB, realizada recentemente em São Paulo, instou a direção ao equilíbrio.

Ele apelou aos objetivos e postura históricos da Ceader e enfatizou pontos determinantes de ações cristãs, indicando que, como manda a boa e piedosa conduta do concilio, os dois deveriam ser convidados para receberem oração dos convencionais, de forma imparcial, a considerar a vontade soberana divina, acima de interesses de grupos.

Isto soou bem a todos e, então, pastor Samuel, convidado à frente, ajoelhou-se e recebeu oração dos convencionais-colegas e posterior menção de apoio. Pastor Wellington Junior havia se retirado.

NOVOS MINISTROS

No mesmo dia, 71 ministros foram consagrados ao SENHOR. Segundo a Secretaria Examinadora de Candidatos ao Santo Ministério (Secam), nove foram reprovados.

HOMENAGEM

PLACA SC

Pastor Samuel Câmara prestou homenagem à Ceader, por meio de uma Placa Comemorativa aos 105 Anos das Assembleias de Deus, em nome da Primeira Igreja Assembleia de Deus e Museu Nacional das Assembleias de Deus, no Belém do Para. Pastor Philipe fez a entrega.

Durante a consagração, pastor Horácio da Silva Junior, que deu nome à turma de novos ministros foi homenageado. Presidente de extensa região eclesiástica, pastor Horácio atua como verdadeiro bispo, um presbítero (ancião), pastor de pastores, com 223 igrejas, 147 ministros, 411 presbíteros, 463 diáconos e mais de mil cooperadores.

Bastante emocionado, ao lado da esposa, de suas três filhas e do filho, agradeceu e observou: “A minha preocupação no momento não é outra senão a iminente Volta de Jesus. Ele vai voltar em breve e precisamos estar preparados”.

ESQUERDOPATAS

Estiveram presentes ministros do Rio e de vários outros Estados, o deputado estadual Samuel Malafaia, irmão do pastor Silas Malafaia, o federal Ezequiel Teixeira, de origem assembleiana e fundador da Igreja Vida Nova e o senador Marcelo Crivela, da Igreja Universal.

Os dois deputados falaram de seus embates e investidas de esquerdopatas, defensores do homossexualismo e outras formas de promiscuidade, que tentam impor, a qualquer custo, o homossexualismo e outras libertinagens em escolas de crianças, órgãos públicos e em entidades.

Pastor Samuel disse que a Assembleia Legislativa fluminense aprovou projeto de sua autoria, que institui e oficializa o Dia dos Pais. Isto para que as escolas comemorem oficialmente o dia, em oposição ao movimento à militância homossexual, que busca proibir o uso das definições próprias da natureza humana, a indicarem a presença de pais e mães e impor o Dia do Cuidador, fato já comprovado por ele, em escola do Rio.

O ex-secretário de Governo do Rio, pastor Ezequiel Teixeira, falou da festa de gastança de dinheiro público em festas promovidas por movimentos homossexuais e que, mesmo quebrado e com salários de servidores atrasados, o Governo Pezão gastou em 2015, com esse tipo de festança, 9 milhões.

Read Full Post »

Mesa diretora da Convenção Geral das ADs reunida nesta terça, em São Paulo

Mesa diretora da Convenção Geral das ADs reunida nesta terça, em São Paulo

Hoje, em São Paulo, pastor Ival Teodoro, presidente da Convenção das Igrejas Evangélicas Assembleias de Deus no Estado do Paraná (Cieadep), da União dos Ministros das Assembleias de Deus da Região Sul (Umadersul) e líder da AD em São José dos Pinhais (PR), assumiu a vice-presidência da Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil (CGADB).

Com a mesa diretora, a reunião foi realizada em um hotel no Tatuapé, bairro da capital paulista, ao lado do Belenzinho.

A vaga estava em vacância desde a renúncia do pastor Ubiratan Batista Job, eleito em abril de 2013, que teve de sair, inclusive da igreja no Rio Grande do Sul, em julho, por problemas não condizentes com a doutrina da igreja. O segundo mais votado para a 1ª vice-presidência, pastor Ival foi então convocado para assumir a vaga, nesta terça-feira (20/9).

Pastor Pedro Damasceno

Pastor Pedro Damasceno

Pastor Ival é o segundo vice a assumir a diretoria. O primeiro foi pastor Pedro Aldi Damasceno, líder da AD em Viana, no Maranhão e presidente da Convenção Estadual das Assembleias de Deus no estado do Maranhão (Ceadema).

Fonte: Tiago Bertulino.

Read Full Post »

Os atuais 70 deputados federais cristãos ganharam o aumento de 17% do total dos 513 federais, que representam todos os Estados brasileiros. Com isso, a Frente Parlamentar Evangélica passa de 70 para 88. A FPE pretendia chegar a 30% de aumento.

Dos três maiores colégios eleitorais, São Paulo, o primeiro, elegeu 17; Rio, o terceiro, 14, seguidos do Paraná, com oito. São Paulo teve o primeiro e o terceiro mais votado, Celso Russomano, com mais de 1,5 milhão e pastor Marco Feliciano, com 398 mil votos.

Os destaques de outras candidaturas de cristãos (evangélicos) ficam por conta de Marina da Silva, membro e muito ativa na AD L-Sul, do Distrito Federal e do presbiteriano e ex-governador do Rio, Antony Garotinho, que perdeu a disputa para o Governo do Estado do Rio. Disputa o segundo turno, o senador Marcelo Crivella, membro da Universal e apoiador da reeleição do Governo federal petista.

Talvez Marina tenha pecado por sua insistência na aproximação de Lula, seu partido e buscas, juntando-se suas indefinições e demora de reação.

Conforme o quadro para 2015, os partidos com maior representatividade são de tendência de esquerda, como o PT-70; PMDB-66 (embora não seja, mas acompanha orientações do Governo petista); PSDB-54; PSD-37; seguidos do PP-36 e PR-34.

Os eleitos de cada Estado

Segue as listas dos cinco primeiros eleitos dos Estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná e Minas Gerais.

SÃO PAULO

Celso Russomano (PRB), apresentador de programa de tevê, Universal, o primeiro, com 1.524.561 votos.

Marco Feliciano (PSC), 398.087 votos, Catedral do Avivamento

Jorge Tadeu Mudalém (DEM), 178.771, eng. Civil, Internacional da Graça

Bruna Furlan (PSDB), 178.608, bel. em Direito, Congregação Cristã no Brasil

Jeferson Campos (PSD), 160.790, Quadrangular

Lista dos demais cristãos eleitos, fora de ordem de número de votos

– Paulo Freire (PR)

É pastor da AD em Campinas, ligada ao Belenzinho (Grande São Paulo), que tem como pastor José Wellington Bezerra da Costa, seu pai. É também presidente da Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil (CGADB). Paulo Freire é ainda presidente do Conselho de Doutrina da CGABD, do de Política e ainda mantém liderança reconhecida entre seus pares-parlamentares e permanece até o próximo ano presidente da Frente Parlamentar Evangélica. Teve expressiva votação, com mais de 100 mil votos.

– Gilberto Nascimento (PSC) é advogado, delegado de Polícia e membro da Assembleia de Deus ligada ao Ministério Nacional (Madureira) e de bom acesso em todas elas, portanto, conhecido em todo o Estado de São Paulo.

– Edinho Araujo (PMDB), presbiteriano e natural de Santa Fé do Sul, foi deputado estadual por várias vezes por São José do Rio Preto, onde também foi prefeito. É presbiteriano.

José Olimpio (PP), empresário em membro da Igreja Mundial. Foi um dos seis mais votados, com 154,5 mil votos.

Eduardo Bolsonaro (PSC), escrivão da Polícia Federal, Batista

Antônio Bulhões (PRB), Universal

Marcelo Squasoni (PRB)

Roberto Alves (PRB), Universal

Roberto de Lucena (PV), O Brasil para Cristo

Vinicius Carvalho (PRB), advogado, Universal

Sérgio Reis (PRB), cantor sertanejo, Universal

Luis Lauro Filho, Igreja Nazareno de Campinas

RIO DE JANEIRO

Clarissa Garotinho (PR), 335.081 mil, jornalista, Metodista

Eduardo Cunha (PMDB), 232.708, empresário, Sara Nossa Terra

Sóstenes Cavalcante (PSD), 104.897, Assembleia Vitória em Cristo

Washington Reis (PMDB), 103.190, Nova Vida

Rosangela Gomes (PRB), 102.896, bel em Direito, Universal

Clarissa mostrou-se atuante como vereadora no Rio. É filha do ex-governador Garotinho, que se destacou por sua definição como cristão (evangélico).

Sóstenes Cavalcante foi missionário na Argentina com seu pai, enviados pela Assembleia de Deus carioca. De volta, destacou-se a partir de seu engajamento na campanha pela eleição do pastor Samuel Câmara à presidência da CGADB. Depois passou a assessorar pastor Silas Malafaia, de quem recebeu apoio.

Washington Reis foi membro da AD em Xerém (Pr. Lourival Machado), município do qual foi também prefeito, mas transferiu-se para a Igreja Nova Vida.

Arolde de Oliveira (PSD), membro da Igreja Batista e dono de uma das emissoras de rádio mais influentes no Rio, em especial entre cristãos, a 93FM e da gravadora MK. É pai da cantora Marina de Oliveira e sempre foi ligado ao Governo do Estado, atuando como secretário.

– Áureo (SD), empresário, Metodista

– Benedita da Silva (PT), presbiteriana e militante histórica do PT, foi senadora e governadora do Rio.

– Ezequiel Teixeira (SD), ex-assembleiano implantou a igreja-comunidade Projeto Vida Nova de Irajá, cognominada de ‘a Igreja com Cara de Leão’, bastante difundida no Grande Rio.

– Francisco Floriano (PR)

– Marcos Soares (PR)

– Roberto Sales (PRB), administrador, Universal

– Cabo Cacioli (PSOL), Bombeiro Militar, Batista

– Altineu Cartes (PR), produtor agropecuarista, Assembleia de Deus

PARANÁ

Christiane Yared (PTN), 200.344, Catedral do Reino de Deus

Idekazu Takayama (PSC), 192.952, Assembleia de Deus

Delegado Francischini (SD), 169.569, delegado de Polícia Federal, Assembleia de Deus

Marcelo Belinati (PP), 132.817, médico, Assembleia de Deus

Sandro Alex (PPS), 116.909, empresário e advogado, Batista

Idekazu Takayama (PSC), 192.952, Assembleia de Deus, é ex-seminarista do Instituto Bíblico das Assembleia de Deus (Ibad)-Pindamonhangaba-SP, enviado pela AD em Curitiba (saudoso pastor José Pimentel), destacou-se como pregador em todo o Brasil. Depois de eleito deputado estadual, deixou o calor de suas prédicas para dedicar-se mais à vida parlamentar.

Toninho Wandscheer (PT), empresário imobiliário, Assembleia de Deus

MINAIS GERAIS

Weliton Prado (PT), 196.098, bel em Filosofia, Assembleia de Deus

George Hilton (PRB), 146.732, radialista, Universal

Stefano Aguiar (PSB), 144.163, administrador de Empresas, Qaudrangular

Leonardo Quintão (PMDB), 118.170, empresário, Presbiteriana

Lincoln Portela (PR), 98.834, radialista, Batista Nacional

ACRE

Alan Rick (PRB), jornalista, Assembleia de Deus

ALAGOAS

João Caldas (SD), empresário, Igreja da Graça

AMAPÁ

André Abdon (PRB), Assembleia de Deus

AMAZONAS

Silas Câmara (PSD), da Assembleia de Deus em Manaus e irmão do pastor Samuel Câmara, líder reconhecido no Brasil. Destacou-e com 166.281 votos e foi o segundo mais votado.

Hissa Abraão (PPS), empresária, Aliança Evangelizadora

André Abdom (PRB), empresário, Assembleia de Deus

BAHIA

Erivelton Santana (PSC), Assembleia de Deus

Irmão Lázaro (PSC), músico, Batista

Márcio Marinho (PRB), Universal

Sérgio Brito (PSB), empresário e servidor Público Federal, Batista

Tia Eron (PRB), Universal

CEARÁ

Ronaldo Martins (PRB), radialista e acadêmico em Direito, Universal

ESPÍRITO SANTO

Manato (SD), médico, Cristã Maranata

Sérgio Vidigal (PDT), médico, Batista

Max Filho (PSDB), servidor Público Federal, Presbiteriana da Glória

GOIÁS

Fábio Souza (PSDB), Fonte da Vida

João Campos (PSDB), delegado de Polícia, Assembleia de Deus

MARANHÃO

Cleber Verde (PSDB), professor-servidor Público Federal, Congregação Cristã No Brasil

Eliziane Gama (PPS), jornalista, Assembleia de Deus

MATO GROSSO

Victório Galli Filho (PSC), professor de Ensino Superior, Assembleia de Deus

Fábio Garcia (PSB), empresário, Sara Nossa Terra

MATO GROSSO DO SUL

Embora não tenha elegido nenhum cristão evangélico, conforme informações que temos, registramos a participação na disputa eleitoral do vereador Elizeu Dionizio que, pela primeira vez disputou eleição fora do município, após ser eleito vereador, com destaque, já em sua primeira disputa.

Com atuação eficaz e reconhecida na Câmara de Vereadores de Campo Grande, o jovem Elizeu promete obter carreira política brilhante, pois chegou a quase 40 mil votos. Elizeu é filho do pastor Antonio Dionizio, homem empreendedor, dinâmico e de evidente liderança nacional entre as Assembleias de Deus no Brasil, além de diretor da CGADB e presidente da ADM no Estado do Mato Grosso do Sul.

Já o médico Antônio Cruz, proprietário de um hospital em Campo Grande, chegou à suplência, com 34 mil votos.

PERNAMBUCO

Francisco Eurico (PSD). Reeleito o expressivo segundo lugar do Estado, com 233.797, pastor Eurico recebeu este nome como justa homenagem a um reconhecido missionário sueco, muito respeitado no Brasil, saúdo pastor Eurico Bergsten e que teve efetiva participação nos fundamentos doutrinários da AD pernambucana.

Eurico foi o segundo mais votado e tem representatividade reconhecida, conforme sua expressiva votação. Pastor Eurico, embora perseguido, a partir de uma suposta agressão verbal a apresentadora Xuxa (e que recebe críticas de sua postura, com relação a sua exposição. Ele é membro da AD em Recife e tem o apoio do pastor Ailton Alves.

– Anderson Ferreira (PR)

DISTRITO FEDERAL

Ronaldo Fonseca (PROS) Foi pastor da AD em Jaboticabal (SP) e é pastor da Assembleia de Deus em Taguatinga (DF) e membro da Comissão Política da CGADB.

PARÁ

Julia Marinho (PSC)

Josué Bengston (PTB), Quadrangular

PIAUÍ

Rejane Dias (PT)

RIO GRANDE DO SUL

Carlos Gomes (PRB)

Onyx Lorensoni (DEM), Luterana

Ronaldo Nogueira (PTB), Assembleia de Deus

RIO GRANDE DO NORTE

Antônio Jácome (PMDB) é médico, foi vice-governador do Estado e é  membro da Assembleia de Deus em Natal.

RONDÔNIA

Marcos Rogério (PDT), Assembleia de Deus

Nilton Capixaba (PTB), Assembleia de Deus

RORAIMA

Carlos Andrade (PHS)

Johnathan de Jesus (PRB), Universal

SANTA CATARINA

Geovana de Sá (PSDB)

SERGIPE

Laércio Oliveira (SD)

Pastor Jony (PRB)

TOCANTINS

César Halum (PRB).

Leitura: Busca por mudança 

Com a evolução da presença de evangélicos, em oposição ao aumento substancial da abstenção do eleitor, e ainda considerando o distanciamento de membros do partido governista entre os cristãos (evangélicos), tem-se a seguinte leitura: engrossamento da lista dos que querem mudança.

Tudo isso diz respeito à atuação necessária para conter sistemas políticos liberais e progressistas, com notória tendência anarquista, sem nem mesmo escamotear a agressiva tentativa de desconstrução de bases sociais, como a família e de preceitos morais.

As propostas dessas filosofias humanistas – o homem em primeiro lugar – são buscadas como verdadeira obsessão e os cristãos não podem atuar de forma omissa ou passiva, sob o risco do pecado de comissão e omissão. Todos devem atuar com altruísmo, para irradiar luz aos homens.

Some-se a essa arquitetura de mente milenar e não menos tinhosa, a queda de toda e qualquer postura ética, em especial de tudo que procede do dualismo bem e mal, certo e errado (e de todo dualismo), com a clara busca pela destruição de limites elementares para a convivência boa, saudável e respeitosa entre os homens.

Correção e informação

Obs: Caso você tenha informações de outros evangélicos que não constam na lista acima, ou notar alguma informação desencontrada envie-nos, por favor, por meio do email: mesquita.jornalismo@gmail.com

 O mesmo vale para governador-cristão eleito.

Read Full Post »

Imagem

Voltamos a estudar a Palavra neste quinta (13/2/14), Romanos 8.

Falamos sobre o homem natural, carnal (de sark, gr), sob o domínio do pecado ou em Adão, conforme 1Corintios 15.21-22,45.

Contrasta com o homem pneumatikos (de pneuma, espírito, gr), a travar a batalha, enfrentar as prisões e os contras, conforme 7.23.

Para entendermos a separação existente entre esses dois seres: o de essência humana e o do (gerado pelo) Espírito (8.2), é preciso realizar análise própria ou auto-crítica, coisa que não costumamos fazer.

Em geral somos muito bons em crítica alheia e, embora o Criador não tenha dotado-nos de olho na nuca, também nutrimos o sentimento de ver as coisas pelo retrovisor, não obstante o para-brisas ser tão grande.

O grito de liberdade da escravidão, realidade que os que, na época, receberam a carta do apóstolo Paulo, conheciam muito bem e de perto, está no primeiro versículo desse capítulo: ‘Portanto agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, que não andam segundo a carne, mas segundo o espírito’.

Mas ainda para vivermos essa realidade é preciso responder à pergunta: Quem é você?

Não inicie a resposta com o famoso eu sou, pois irá igualar-se à divindade: Aquele que É, Aquele que Existe por ter Vida em si mesmo.

Eu sou indica eternidade ou que hoje, amanhã e depois você permanece e isto não é verdade, não é mesmo!?

Então penso que você poderia afirmar: estou fulano… pois tal frase não denota permanência, mas momento.

Somos somente quando o próprio Eu Sou está em nós. Porém, para que essa realidade se concretize, necessário é estarmos em renúncia até mesmo do nome – que reflete a (tua) pessoalidade, orgulho, caráter (o que está impresso em você)… – pois também Nele temos um novo nome, conforme Apocalipse 2.17.

Procure ser um homem, no sentido do ser (humano), não no sentido de gênero, pneumátikos (gerado pelo Espírito) e não sarkiano, sob o domínio do pecado (da carne).

Read Full Post »

Pr. Edson Alves da SilvaPastor Edson Alves da Silva presidente da AD/Tradicional e de presidente de honra da Convenção Estadual da AD Tradicional do Amazonas (Ceadtam) em Manaus, partiu para a Eternidade hoje (16/8/13), aos 76 anos, em Natal (RN), onde nascera a 15 de abril de 1937.

Em 1974, pastor Edson foi enviado para Madagascar (África), como o primeiro missionário da Igreja Assembleia de Deus em Rio Grande do Norte. Lá plantou a Igreja do Senhor, juntos dos missionários Rosa-Virgínio Carvalho, em Antisirabe e Diego Suarez.

Naquele continente pastor Edson enfrentou batalhas espirituais, mas com oração e jejum obteve vitórias gloriosas.

Seus pais Antônio Alves da Silva e Maria do Carmo Rodrigues Silva (irmã Dadinha) com toda a família receberam Jesus no dia 19 de abril de 1946. A vizinha da família, Chiquinha Damásio, membro da Assembleia de Deus, levou toda a família aos pés de Jesus, depois de muita perseverança.

O então menino Edson, fora batizado nas águas em agosto de 1948 e a 13 de abril de 1947, Jesus batizou-o no Espírito Santo, na residência do casal Aline-Epitácio Rodrigues. Desde então, Edson passou a envolver-se com a obra do Senhor, começando pelo louvor, por meio da banda musical da igreja.

Seu amor pela causa do Mestre o levou a buscar conhecimento da Palavra, quando, então bacharelou-se fez em Teologia, pelo Ibad (turma 1967).

Quando regressou a Natal, adoeceu gravemente e chegou a ser desenganado por médicos. Porém, em uma noite, quando todos dormiam e ao sentir a aproximação da morte, o jovem Edson Alves levantou a mão e clamou: “Jesus, faz alguma coisa”! E Jesus fez! Curou-o instantaneamente.

Atou como auxiliar da Palavra em Natal e visitou quase todo o interior do Estado, ao lado do pastor João Batista da Silva, então pastor-presidente da AD no Estado. Ministrada estudos bíblicos e também chegou a ser regente do coral da AD/centra e ainda liderou a mocidade, ao lado do pastor Elinaldo Renovato.

Quando retornou ao Brasil, após ser enviado como missionário ao continente africano, casou-se com Zilda Viana, em 7 de maio de 1977. Juntos seguiram para Cayenne/Guiana Francesa, onde fundaram a Assembleia de Deus.

Nesta mesma época, o casal viajou por muitos lugares, passando em canoas em rios e enfrentando perigos de rios caudalosos. Chegou a visitar o interior do Amapá, inaugurando congregações, visitando os crentes, orando pelos enfermos e ensinando a Palavra.

Ao retornar ao Brasil em 1981, passou a liderar a AD em Currais Novos (RN). Mas em 1983, a convite do saudoso pastor Alcebíades Pereira de Vasconcelos, mudou-se para Manaus. Desde em maio de 1984 servia ao Senhor no Amazonas, onde teve dois filhos Josiel e Igor.

Em 2000 fundou e assumiu a presidência da Assembleia de Deus Tradicional em Manaus, atualmente com templo-central e mais 194 congregações em Manaus (Fonte: Site da AD Tradicional do Amazonas).

Read Full Post »

Older Posts »