Feeds:
Posts
Comentários

Archive for março \30\UTC 2011

No ano do Centenário das Assembleias de Deus (18 de junho) e depois de 823 anos, teremos algumas particularidades interessantes, que só ocorrem a cada período acima, denominados money bags. Você nunca mais verá nada igual.

O mês de julho terá

– 5 sextas-feiras,

– 5 sábados, e

– 5 domingos.

Antes disso, maio terá

– 5 domingos,

– 5 segundas-feiras,

– 5 terças-feiras.

Outubro contará com

– 5 sábados,

– 5 domingos, e

– 5 segundas-feiras.

Dezembro terá

– 5 quintas,

– 5 sextas, e

– 5 sábados.

Enquanto dezembro tem esses números no final de semana, agosto tem-nos no início:

– 5 segundas-feiras,

– 5 terças-feiras, e

– 5 quartas-feiras.

 Todos estes meses são de 31 dias. São os meses 5 (maio), 7 (julho), 10 outubro (mas, na verdade, seu nome significa oitavo (octu), enquanto novembro – o 11º era o 9º, conforme seu prefixo (nov) e dezembro (dez), o último mês do antigo calendário.

Os últimos meses indicavam a ordem numeral:

– setembro (set),

– outubro (octo),

– novembro (nove),

– dezembro (dez),

além dos de janeiro a agosto, os nomes foram dados em homenagens a deuses e a imperadores, como Júlio César (julho) e Augusto (agosto), para completar os 12.

Coincidência…

Como prato cheio para os místicos, se você somar o seu ano de nascimento mais a sua idade completada em 2011, terá como resultado o número 111.

Temos ainda o registro neste ano dos seguintes números:

– 1/1/11 (4 vezes o 1),

– 11/1/11 (5 vezes o 1),

– 1/11/11 (5 vezes o 1), e

– 11/11/11 (6 vezes o 1).

Outra realidade

Mas, lembre-se que deveríamos estar em outra época, quanto à data. Isto porque o Calendário Gregoriano deixou para trás ao menos 4 anos (senão 6), entre o ano zero e o nascimento de Cristo.

O Senhor teria nascido 4 anos antes do marco 1 do calendário ocidental e cristão, denominado dC (depois de Cristo). Soma-se a isso mais 1 ano, a considerar que o algarismo romano não contava com o zero (I, II, II, IV, V…) e, portanto, começou no ano 1 e não no 0.

Então, estaríamos hoje, ao menos, no ano de 2016, considerando os números mais baixos.

Previsões sombrias

Segundo as previsões científicas, a continuar o mundo como está hoje – na mesma velocidade destrutiva, por influência humana – estaríamos mais perto do Fim do Mundo, previsto para 2060.

Transcrevemos abaixo parte do que inserimos no livro Fronteira Final-CPAD, que trata da Escatologia Bíblica, alinhada aos fatos contemporâneos.

Sob o título O Alerta dos Pólos, repetido neste capítulo, a revista Veja (abril/2007) publicou matéria especial sobre o degelo nos pólos. Até parecia uma revista evangélica, clamando ao arrependimento, conforme conclama Joel.

O destaque foi nas mesmas proporções dos estragos verificados nas calotas polares: “…estragos causados pelo aquecimento global. A notícia não é boa: as calotas polares estão no limite da resistência”.

A Veja fala em grito de agonia e diz que as mudanças ocorrem com mais rapidez e intensidade que se pode sentir em qualquer outra região do planeta. “No Ártico, o ritmo da elevação da temperatura na atmosfera é o dobro da média global”.

A previsão de seu desaparecimento fica a seis anos mais próximos de nós que a prevista em 2005, conforme inserimos no início deste capítulo, ou seja, de 2066 para 2060.

Parece longe demais, mas a considerar a idade da Terra, seja do ponto de vista da Criação, e muito mais do da Evolução, é muitíssimo pouco tempo. Equivale a uma existência, uma geração. “A calota gelada do Oceano Ártico deve desaparecer totalmente durante o verão a partir de 2060. Na escala geológica, meio século é um piscar de olhos”.

Em agosto de 2006, cientistas descobriram no Alasca rachaduras enormes no gelo, em função do calor. No mesmo ano, registrou de diminuição de gelo de 15%, em seu quinto consecutivo de baixa. Se todo esse gelo derreter, o mar terá aumento de 7m em seu nível. O equilíbrio do planeta depende de sua cobertura permanente de 10% de gelo. E a previsão é que em 2066 haverá um mar de gelo na Terra.

É obvio que essa data está bem distante de nós, mas não esqueçamos que é um processo que vai se avolumando a exemplo de uma bola de gelo – sem ironia.

Mas, se você tem sua Esperança firmada nas promessas do Cristo Vivo, não se ‘avexe’, pois o Senhor voltará bem antes disso, cremos, embora “… daquele dia e hora ninguém sabe, nem os anjos do céu, mas unicamente meu Pai”, Mt 24.36.

Read Full Post »

 

Pastor Gaby vence com 788 votos a mais e assume a AD em Curitiba

ATUALIZAÇÃO – 28, à 1h46 – Com a diferença de 788 votos, pastor Wagner Gaby venceu a eleição e assume a presidência da AD em Curitiba. Em torno de 9 mil membros, dos 33 mil, votaram. O pleito teve início pouco antes da 10h, após convocação do mínimo de eleitores – 1,8 mil, no templo-central.

Na votação do ministério da igreja, venceu pastor Douglas por 2 votos – 86 a 84. Daí, segundo alguns entendiam, os ministros indicariam esse nome à assembleia de membros para referendá-lo. Mas, a cláusula dos estatutos da igreja, que indicava essa forma, conforme entendimento de outros, dava dupla interpretação e, por isso, a decisão foi para o voto de todos os membros aptos ou em comunhão.

Um programa fora criado especialmente para a eleição, com os nomes de todos os membros – os quase 33 mil. Assim que o membro recebe o aval do mesário para o voto, seu nome é apagado do sistema, para que o mesmo não vote novamente, caso queira.

Todos tiveram à disposição 27 urnas, divididas entre 11 no púlpito, 10 entre a nave do templo e 6 nas galerias. Cerca de 220 pessoas trabalharam na eleição, das 9h45 às 17h, entre mesários, escrutinadores e outros grupos de apoio e acompanhamento.

Até as 13h havia grandes filas, mas no final da tarde, a votação estava tranquila e sem filas. A apuração foi bastante concorrida, mas ninguém podia entrar nem mesmo com celular, para não divulgar parciais. A  divulgação do resultado estava previsto para até 3h após o término da eleição.

ATUALIZAÇÃO

Do total de quase 33 mil membros, somente 8.257 participaram da eleição, ou seja, 25%. Destes, 47% votaram em pastor Gaby: 3.814 e 37% em pastor Douglas: 3.026 membros. 

A diferença do montante de votos entre o primeiro e o segundo colocados foi de pouco menos de 20%.

O culto de domingo – dia da votação – teve início às 19h, mas foi interrompido às 20h09, para anúncio do vencedor. Depois, às 21h30, a Ata da Assembleia foi lida a igreja, com o resultado da eleição e posse do novo presidente,  com aprovação por unamidade.

Os candidatos e seus votos

1) Pr. Wagner Tadeu dos Santos Gaby – 3.814 votos

2) Pr. Mirislan Douglas Scheffel – 3.026 votos

3) Pr. Hidekazu Takayama – 933 votos

4) Pr. Gessé Luiz Rosa – 411 votos.

 

Read Full Post »

Aos 66 anos de idade e com menos de 5 anos após ter assumido a igreja AD em Joinville, pastor Arcelino de Melo entregou a presidência da igreja, no dia 6 de março. A igreja com 145 congregações e 35 sub-sedes (distritos), passou a ter como presidente pastor Sérgio Melfior.

Pastor Marcelino permanece como presidente da Convenção das Igrejas Evangélicas Assembléias de Deus de Santa Catarina e Sudoeste do Paraná (Ciadescp) e segundo secretário da mesa diretora da Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil (CGADB).

Ele completou 27 anos de ministério à frente de várias igrejas no Estado, como São Bento do Sul, Curitibanos, Otacílio Costa, Concórdia, Içara, São José, Chapecó, Criciúma e Joinville.

Sua posse como presidente em Joinville ocorreu por determinação da Junta Executiva da Convenção catarinense, após a passagem para a Glória do pastor Valmor Leonel Batista, no dia 26 de novembro de 2006.

Além do crescimento numérico da igreja, pastor Arcelino promoveu melhorias na faculdade teológica, ampliação da potência da emissora 107,5-FM para 5KW e ainda apoiou a dinâmica na programação que a elevou como a mais ouvida em Joinville.

Em entrevista ele disse que não entregou aos filhos, conforme alguns chegaram a questioná-lo, afirmando que o Senhor não lhe mandou entregar aos filhos.

Sua substituição indica o apoio e encaminhamento para uma nova liderança no Estado e sua atitude segue a tradição da AD em Santa Catarina, fortalece o poder do Concílio da Igreja naquele Estado – a Convenção assembleiana – e oxigena as igrejas com a oportunidade a outros homens fiéis.

Pastor Arcelino vai dedicar-se à presidência da Ciadescp e investir na construção do prédio próprio, em terreno já adquirido em Itajaí. “O nosso desejo, se Deus quiser, é construir um grande prédio para receber com muito carinho os 1,5 mil pastores que temos em nosso Estado e no sudoeste do Paraná”, enfatizou.

O novo líder

Pastor Sérgio Melfior é o primeiro secretário da Convenção do Estado e presidia a AD em Caçador, desde janeiro de 2007. Com 48 anos, o gaucho de Trindade do Sul, converteu-se a Jesus aos 15 e passou a pregar um ano depois. É casado com Maria Helena e tem três filhos.

Foi vice dos pastores Leonel Tavares da Silva, Arcelino Victor de Melo e Nilton dos Santos. Passou a trabalhar integralmente no Evangelho, após convite do pastor Arcelino Victor de Melo.

Atuou em Itá, Ipumirim, Concórdia, Caxambu do Sul, Chapecó, Lages, Blumenau, Fraiburgo e Caçador. É formado pela Escola de Educação Teológica das Assembléias de Deus (Eetad-Campinas) e graduado em Teologia pela Faetel-SP (Fonte: Assessoria de Comunicação do IEADJ).

Read Full Post »

Com diferença de somente um voto do pastor Wagner Gaby, atual pastor em exercício, também candidato, pastor Douglas Scheffel venceria a eleição à presidência da igreja AD em Curitiba, se eleição tivesse ocorrido no sábado (dia 12).

Neste dia, ocorreu a primeira prévia entre os quatro candidatos ao cargo, que acontecerá no próximo dia 27, durante o dia todo. Em torno de 25 mil membros da igreja Assembleia de Deus em Curitiba estão aptos a votarem.

Pastor Douglas foi vice-presidente de pastor José Pimentel durante vários anos, é bem conhecido em toda a região eclesiástica, além de carismático. É pastor da congregação da AD no bairro Hauer em Curitiba. Por outro lado, pastor Gaby acompanhou pastor Pimentel nos últimos anos, como seu vice e ganhou a confiança da igreja.

Pastor Ival Teodoro, que seria também um dos candidatos foi impedido por não pertencer mais ao ministério local, pois é presidente da AD em São José dos Pinhais e atual presidente da Convenção das Igrejas Evangélicas Assembléia de Deus do Estado do Paraná (Cieadep).

Os outros dois candidatos, pastor e deputado federal Hidekazu Takayama ficou em terceiro, seguido pelo pastor Gessé Luiz Rosa da AD no bairro do Pinheirinho.

Read Full Post »