Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Reportagens’ Category

CEADER Pr Hoário

Embora em número reduzido, a considerar o seu rol de membros, a Ceader se reuniu nos dias 10,11 e 12, na AD em Cordovil (Grande Rio), liderada pelo pastor Francisco José da Silva.Sob a presidência do pastor Alberto Serafim de Souza, parte dos 6 mil ministros da primeira Convenção de Ministros das ADs no Estado do Rio, a Ceader, esteve presente e ouviu pregações e discussão de assuntos pertinentes.

PRELETORES

No sábado, dia mais intenso, pregou a Palavra pastor José Wellington Junior, de Belenzinho, São Paulo. Ele exortou os ministros a partir do diálogo entre Jesus e apóstolo Pedro, com base em Mateus 16.13-19. Nos devocionais de quinta e sexta, pregou pastor Roberto José, presidente da AD em Abreu e Lima, Recife.

Na sexta-feira, cheio de Graça e autoridade, também pregou pastor Adilson Faria, presidente da AD em Mutuá, São Gonçalo-RJ. Todos os dias, à noite, pastor Eduardo Lopes, também de Belenzinho, pregou.

EQUIDADE

Houve tensão no sábado, quando tentou-se distinguir, sem rodeios e com mais intensidade um dos dois conhecidos candidatos à presidência da Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil (CGADB), que tem mais de 50 mil filiados.

Vários convencionais questionaram, com indignação, tal ação, por entenderem que o concílio deve agir com equilíbrio, isenção e sem parcialidade, por representar todos e não somente um grupo.

Isto ocorreu em função de o pastor Samuel Câmara não ter sido recebido pela mesa diretora, onde postava-se o outro candidato, pastor José Wellington, e, por fim, ainda, um jovem pastor apresentou uma moção de apoio a José Wellington Junior, que representava seu pai, por motivo de doença.

Samuelo Camara

Pastor Samuel Câmara (foto), acompanhado de seu filho, pastor Philipe Câmara, que haviam chegado de São Paulo, especialmente para prestigiarem o encontro, passou por tal constrangimento sem emitir qualquer opinião de juízo e manteve-se calado.

Entretanto, após a manifestação de indignação por considerável número de membros, pastor e advogado Antonio Manoel, autor da proposta que produziu o consenso a AGE da CGADB, realizada recentemente em São Paulo, instou a direção ao equilíbrio.

Ele apelou aos objetivos e postura históricos da Ceader e enfatizou pontos determinantes de ações cristãs, indicando que, como manda a boa e piedosa conduta do concilio, os dois deveriam ser convidados para receberem oração dos convencionais, de forma imparcial, a considerar a vontade soberana divina, acima de interesses de grupos.

Isto soou bem a todos e, então, pastor Samuel, convidado à frente, ajoelhou-se e recebeu oração dos convencionais-colegas e posterior menção de apoio. Pastor Wellington Junior havia se retirado.

NOVOS MINISTROS

No mesmo dia, 71 ministros foram consagrados ao SENHOR. Segundo a Secretaria Examinadora de Candidatos ao Santo Ministério (Secam), nove foram reprovados.

HOMENAGEM

PLACA SC

Pastor Samuel Câmara prestou homenagem à Ceader, por meio de uma Placa Comemorativa aos 105 Anos das Assembleias de Deus, em nome da Primeira Igreja Assembleia de Deus e Museu Nacional das Assembleias de Deus, no Belém do Para. Pastor Philipe fez a entrega.

Durante a consagração, pastor Horácio da Silva Junior, que deu nome à turma de novos ministros foi homenageado. Presidente de extensa região eclesiástica, pastor Horácio atua como verdadeiro bispo, um presbítero (ancião), pastor de pastores, com 223 igrejas, 147 ministros, 411 presbíteros, 463 diáconos e mais de mil cooperadores.

Bastante emocionado, ao lado da esposa, de suas três filhas e do filho, agradeceu e observou: “A minha preocupação no momento não é outra senão a iminente Volta de Jesus. Ele vai voltar em breve e precisamos estar preparados”.

ESQUERDOPATAS

Estiveram presentes ministros do Rio e de vários outros Estados, o deputado estadual Samuel Malafaia, irmão do pastor Silas Malafaia, o federal Ezequiel Teixeira, de origem assembleiana e fundador da Igreja Vida Nova e o senador Marcelo Crivela, da Igreja Universal.

Os dois deputados falaram de seus embates e investidas de esquerdopatas, defensores do homossexualismo e outras formas de promiscuidade, que tentam impor, a qualquer custo, o homossexualismo e outras libertinagens em escolas de crianças, órgãos públicos e em entidades.

Pastor Samuel disse que a Assembleia Legislativa fluminense aprovou projeto de sua autoria, que institui e oficializa o Dia dos Pais. Isto para que as escolas comemorem oficialmente o dia, em oposição ao movimento à militância homossexual, que busca proibir o uso das definições próprias da natureza humana, a indicarem a presença de pais e mães e impor o Dia do Cuidador, fato já comprovado por ele, em escola do Rio.

O ex-secretário de Governo do Rio, pastor Ezequiel Teixeira, falou da festa de gastança de dinheiro público em festas promovidas por movimentos homossexuais e que, mesmo quebrado e com salários de servidores atrasados, o Governo Pezão gastou em 2015, com esse tipo de festança, 9 milhões.

Anúncios

Read Full Post »

Pr. Edson Alves da SilvaPastor Edson Alves da Silva presidente da AD/Tradicional e de presidente de honra da Convenção Estadual da AD Tradicional do Amazonas (Ceadtam) em Manaus, partiu para a Eternidade hoje (16/8/13), aos 76 anos, em Natal (RN), onde nascera a 15 de abril de 1937.

Em 1974, pastor Edson foi enviado para Madagascar (África), como o primeiro missionário da Igreja Assembleia de Deus em Rio Grande do Norte. Lá plantou a Igreja do Senhor, juntos dos missionários Rosa-Virgínio Carvalho, em Antisirabe e Diego Suarez.

Naquele continente pastor Edson enfrentou batalhas espirituais, mas com oração e jejum obteve vitórias gloriosas.

Seus pais Antônio Alves da Silva e Maria do Carmo Rodrigues Silva (irmã Dadinha) com toda a família receberam Jesus no dia 19 de abril de 1946. A vizinha da família, Chiquinha Damásio, membro da Assembleia de Deus, levou toda a família aos pés de Jesus, depois de muita perseverança.

O então menino Edson, fora batizado nas águas em agosto de 1948 e a 13 de abril de 1947, Jesus batizou-o no Espírito Santo, na residência do casal Aline-Epitácio Rodrigues. Desde então, Edson passou a envolver-se com a obra do Senhor, começando pelo louvor, por meio da banda musical da igreja.

Seu amor pela causa do Mestre o levou a buscar conhecimento da Palavra, quando, então bacharelou-se fez em Teologia, pelo Ibad (turma 1967).

Quando regressou a Natal, adoeceu gravemente e chegou a ser desenganado por médicos. Porém, em uma noite, quando todos dormiam e ao sentir a aproximação da morte, o jovem Edson Alves levantou a mão e clamou: “Jesus, faz alguma coisa”! E Jesus fez! Curou-o instantaneamente.

Atou como auxiliar da Palavra em Natal e visitou quase todo o interior do Estado, ao lado do pastor João Batista da Silva, então pastor-presidente da AD no Estado. Ministrada estudos bíblicos e também chegou a ser regente do coral da AD/centra e ainda liderou a mocidade, ao lado do pastor Elinaldo Renovato.

Quando retornou ao Brasil, após ser enviado como missionário ao continente africano, casou-se com Zilda Viana, em 7 de maio de 1977. Juntos seguiram para Cayenne/Guiana Francesa, onde fundaram a Assembleia de Deus.

Nesta mesma época, o casal viajou por muitos lugares, passando em canoas em rios e enfrentando perigos de rios caudalosos. Chegou a visitar o interior do Amapá, inaugurando congregações, visitando os crentes, orando pelos enfermos e ensinando a Palavra.

Ao retornar ao Brasil em 1981, passou a liderar a AD em Currais Novos (RN). Mas em 1983, a convite do saudoso pastor Alcebíades Pereira de Vasconcelos, mudou-se para Manaus. Desde em maio de 1984 servia ao Senhor no Amazonas, onde teve dois filhos Josiel e Igor.

Em 2000 fundou e assumiu a presidência da Assembleia de Deus Tradicional em Manaus, atualmente com templo-central e mais 194 congregações em Manaus (Fonte: Site da AD Tradicional do Amazonas).

Read Full Post »


Comemoração do Centenário da AD reuniu milhares em Belém. (Foto: Tarso Sarraf)

Foi-se o tempo em que a igreja precisou mudar da Rua Figueira de Melo para o Campo de São Cristóvão, na cidade do Rio de Janeiro, porque o salão – um antigo depósito de açúcar – já não comportava as mais de 400 pessoas que assistiam aos cultos, sendo que muitas já os assistiam pelas janelas. E da alegria dos pioneiros quando descobriram que o número de crentes assembleianos no país já superava os 200 mil, conforme anunciava o locutor do Programa A Voz Evangélica das Assembleias de Deus, pastor Francisco Pereira do Nascimento (AD em São Cristóvão).

Com a estimativa de 22,5 milhões de membros, a Assembleia de Deus no Brasil é hoje a maior denominação pentecostal do mundo. Em segundo lugar está a Coréia do Sul com 3,1 milhões. As Assembleias de Deus no Brasil puxaram o crescimento dos evangélicos no país e, segundo projeções, deverá ultrapassar os 100 milhões em 2020.

As estimativas apontam ainda mais de 35 mil ministros e mais de 100 mil templos espalhados por todo o Brasil. Na verdade, a Assembleia de Deus está presente até mesmo nos lugares onde as estruturas governamentais não estão. 

Número de membros

Ao todo, as Assembleias de Deus têm 64 milhões de membros espalhados no mundo e 363.450 ministros, divididos entre 351.645 igrejas e presentes em 217 países. O Brasil lidera essa lista com 22,5 milhões de membros, de acordo com as estimativas da igreja nos EUA. Veja a lista dos países com os maiores números de membros (Tabela 1). 


Porcentagem em cada região

Na América Latina e Caribe, o número de membros chega a 28,8 milhões, o equivalente a 53% do total de assembleianos presentes no planeta. Estes números são ‘puxados’ pelo grande avanço no Brasil, que detém mais de 75% desse total. Veja o número de membros da Assembleia de Deus nas outras regiões do mundo (Tabela 2).

Profecia do crescimento da Igreja e do Brasil

Em uma entrevista ocorrida em 2 de abril de 1980, o saudoso pastor Rodrigo Silva Santana, reconhecido líder da igreja na Bahia, profetizou ao indicar que a fase difícil que o Brasil atravessava naquela época passaria e o país alcançaria prosperidade se abrisse suas portas à evangelização.

– “Desta forma se alcançará prosperidade e a pátria será engrandecida e enriquecida”, dissera.

Foi justamente o que aconteceu. O crescimento do país ocorreu de forma simultânea ao crescimento da Igreja e segundo projeções da Sepal o número de evangélicos deverá chegar a 50% da população brasileira e ultrapassar os 100 milhões em 2020.

Quer comentar o artigo? Clique aqui                                           

Read Full Post »

As comemorações do Centenário – completado no dia 18 de junho – teve seu ponto alto em Belém do Pará, onde a igreja começou. Mas os registros se estenderam por todo o Brasil com cultos, batismos gigantescos, oração por todo o mês de junho, passeatas, gravações de momentos históricos, apresentações, cultos em louvor ao Senhor pela data, sessões solenes em câmaras municipais, na Câmara Federal e no Senado.

As comemorações oficializadas pela CGADB iniciaram com um culto em ação de graças na Assembleia de Deus em Ananindeua, no Grande Pará, liderada pelo pastor Gilberto Marques, com o apoio do presidente da CGADB, pastor José Wellington e de toda a mesa diretora.

Em seguida, ocorreu uma sessão solene no Senado, sob a presidência do senador Crivela, da Igreja Universal. Políticos cristãos, em especial os da Assembleia de Deus marcaram presença e falaram sobre a atividade assembleiana do espiritual ao social, com o resgate de vidas de crimes e das drogas, ressocializando milhares de brasileiros. Nomes de homens e mulheres, usados poderosamente nas mãos do Senhor, durante a história da igreja, no decorrer do século, foram lembrados.

Senadores aderiram à homenagem e reconheceram a influência da igreja sobre a sociedade brasileira, como expressou o senador Flexa – @senadorflexa Senador Cristovam Buarque, ex-ministro da Educação, exaltou a Igreja e ressaltou a importância da Reforma Protestante, a partir de Lutero, quando a Bíblia fora traduzida para o alemão e tornou-se acessível ao público, provocando a ascensão à Educação e cultura. Essa iniciativa ocasionou ainda a alfabetização. “Devemos tudo isso a Lutero”, reconheceu.

Falou pela liderança da Assembleia de Deus o senador Manoel Ferreira, da AD-Madureira e pastor Samuel Câmara, líder da AD em Belém do Pará. Nem o pastor José Wellington ou qualquer membro da mesa da CGADB esteve presente.

Depois foi a vez da realização de sessão solene na Câmara Federal, sob a presidência do deputado Paulo Freire. Ocorreram também vários discursos de políticos tanto assembleianos quanto outros evangélicos e não-cristãos. Todos ressaltaram a ação evangelizadora da igreja e também sua obra social, com a recuperação de milhares de vidas.

Em Belém do Pará

Na quinta-feira foi a vez da realização de sessão solene em Belém do Pará. Por iniciativa do vereador, Iran Moraes (PSB), a Câmara de Vereadores de Belém realizou a sessão no dia 15, pela manhã e ressaltou a ação da AD.

Ao abrir os trabalhos da Sessão Especial, o vereador e presidente da Câmara de Vereadores Raimundo Castro fez questão de destacar a importância da referida sessão para todos os vereadores os quais, ao aprovarem por unanimidade todas as propostas até agora apresentada em favor da AD, estavam reconhecendo o trabalho religioso e social que a AD desenvolveu em favor da população ao longo desses 100 anos.

Um dos obstáculos mais difícil de vencer foi o ensinamento da Bíblia que não existia em português no Brasil e os missionários tiveram que importar exemplares dos Estados Unidos. Mesmo assim as dificuldades continuaram porque o pastor naquela época, segundo Iran, não era bem visto e muitas Bíblias foram queimadas e, até as casas dos pastores tiveram seus telhados arrancados como forma de forçá-los a sair da capital.

Dentre as homenagens que a Câmara de Belém já prestou ao Centenário da AD, destacam-se os projetos que deram os nomes de Centenário da Assembleia de Deus à avenida que levava o nome do escritor paraense Dalcídio Jurandir; Daniel Berg ao elevado da Rua Julio Cesar com a Pedro Álvares Cabral; e Gunnar Vingren ao Park Ambiental.

O ponto de destaque da Sessão Especial foi a entrega do título em memória de cidadãos de Belém aos missionários Daniel Berg e Gunnar Vingren. Foi entregue também o título de Honra ao Mérito aos pastores Samuel Câmara e Firmino Gouveia.

Em Santa Cruz da Palmeiras

No sábado – dia 18 –, a Câmara de Vereadores de Santa Cruz da Palmeiras (SP), por iniciativa do vereador e vice-presidente Kleber Campos realizou sessão solene em comemoração ao Centenário da AD.

Os vereadores entregaram aos pastores locais uma placa comemorativa a partir do do Decreto Legislativo 02-2011, pelos 100 anos “de relevantes serviços sociais proporcionados…” por meio de “uma História de dedicação e amor ao próximo”.

A sessão foi presidida pela vereadora Celina Maria da Silva Rizzi (nome recebido em homenagem de seus pais assembleianos a irmã Celina de Albuquerque, primeira assembleiana a ser batizado no Espírito Santo), também presidente da Câmara. A solenidade contou com a participação de cristãos, mebros de igrejas, da cantora Giselle Bilter e ainda da vice-prefeita Rita Zanata, ex-jogadora de vôlei da Seleção Brasileira, também representante do prefeito da cidade.

A convite do vereador Kleber, discursamos sobre a história das Assembleias de Deus no Brasil. Acompanhado de minha família, traçamos o resumo histórico desde os primeiros sinais da ação do Espírito Santo nos Estados Unidos, o avivamento em Los Angeles, a chamada de Daniel Berg e Gunnar Vingren, o início da igreja no Brasil e sua história.

Sessão na Câmara de Vereadores em Santa Cruz das Palmeiras, com a composição da mesa

Pastores  homenageados posam com os vereadores

Vereador Kleber discursa e traça histórico da AD

Em grande destilo

Além do reconhecimento tardio da Convenção de pastores da Igreja-Mãe pela CGADB, após 10 anos, pastor José Wellington rompeu o desacordo com pastor Samuel Câmara e esteve presente, com a mesa diretora, na abertura do evento em Belém do Pará, no dia 16.

Registraram-se grandes momentos que alegraram milhares de membros assembleianos e obreiros de todo o Brasil presentes em Belém, durante a semana de comemoração. A igreja em Belém, além de receber dezenas de assembleianos, estimados em mais de 100 mil, construiu um grande auditório em tempo recorde.

Além de passeata e show da Esquadrilha da Fumaça, a abertura do evento foi memorável. Em coreografia, centenas de pessoas se alinharam no gramado do Estádio Mangueirão e escreveram centenário. Em seguida, formaram o número 100. Após desfizeram essa figura, para formar o mapa do Brasil. Depois um navio – indicando o Navio Clement, que trouxe os pioneiros Daniel Berg e Gunnar Vingren ao Brasil – entrou. Nele estavam dois personagens representando os pioneiros. Daniel Berg levava uma tocha e dela saia setas, indicando os Estados, visitados pela mensagem do Evangelho, a partir de Belém, pela ordem de datas.

Foto: @diego_formiga

As indicações, rumo aos Estados onde o Evangelho passou a ser pregado, após o início no Pará, formaram ‘rastros’ de fogo, que cada vez mais resplandecia a tocha. Quem viu gostou e elogiou a apresentação coreográfica no estádio.

Transmissões pela tevê

O Centenário em Belém do Pará teve cobertura jornalística das tevês Globo, tanto no Jornal Nacional quanto nas afliadas no Pará e Record, que deu espaço de mais de 3 minutos ao evento no Pará.

Quer comentar o artigo? Clique aqui

Read Full Post »

Caravanas do Estado do Mato Grosso e cerca de 2,9 mil pastores, inscritos na 40ª Assembleia Geral Ordinária da Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil (CGADB), ocuparam as dependências do Grande Templo em Cuiabá. As maiores caravanas de pastores são de São Paulo e do próprio Estado.

Fora destas duas regiões, tudo indica ser a do Maranhão a mais numerosa. São 70 pastores da Convenção Estadual das Assembleias de Deus no Maranhão (Ceadema), presidida pelo pastor Pedro Damasceno.

 

Ministros de várias regiões estiveram no culto de abertura 64

Com início no Grande Templo em Cuiabá, ontem à noite, a 40ª AGO teve a caravana do Maranhão como destaque. A maioria dos 70 pastores saiu de ônibus de São Luís, no domingo pela manhã, e chegaram nesta terça, no final da tarde, segundo o secretário da Ceadema, pastor Gildenemir Lima de Souza. A AGO ocorre de 12 a 14, com discussões convencionais durante o dia e culto à noite. O tema mais polêmico deverá sobre o divórcio.

Estiveram presentes no culto, o governador do Estado, Sinval Barbosa (PMDB), membro da Igreja Batista, acompanhado de sua esposa; o general de Brigada, João Batista Carvalho Bernardes, comandante da 13ª Brigada de Infantaria Motorizada (Cuiabá) e o ex-superintendente das Assembleias de Deus nos Estados Unidos, pastor Thomaz Trask. Ele estava acompanhado do pastor Joel Freire, missionário nos EUA e pregará nesta quarta-feira.

 

O Grande Templo comporta até 23 mil pessoas, mas neste primeiro dia, não chegou a ficar lotado 63

Pregou a Palavra pastor José Wellington, presidente da CGADB. O culto terminou às 21h25 (horário local, que corresponde à uma hora menos do horário de Brasília). Louvaram ao Senhor os cantores Victorino Silva, Lilia Paz, Marcelo Santos e Alice Maciel.

Além de pastores de várias regiões, todos os membros da mesa diretora da CGADB estiveram presentes. Também deverão estar presentes amanhã, quando apresentarão termo de compromisso com a igreja, os 24 deputados federais membros das ADs. Nesta quarta, as atividades convencionais deverão começar às 9h.

Read Full Post »

Obra de fé consome toneladas de material e muita energia para, futuramente, ser o local para a manifestação da Água da Vida; pastor Santana mostra dinâmica do Reino, ‘com passos firmes’ na Palavra (à direita)

Semeando a Palavra – A 5km do centro da cidade, o templo iniciado em janeiro de 2003, tem 90m (um quarteirão) de diâmetro, estacionamento para mil veículos e capacidade para 12 mil pessoas. Somente na cobertura foram empregados 350 mil quilos (350 toneladas) de estrutura metálica, com investimento na ordem de R$ 3,5 milhões, conforme informações, do mestre-de-obras, pastor Vitor Borges.

Arquibancadas (laje de assento) pré-fabricadas são montadas em blocos (painéis), com o peso de 2.325k cada, que, em linha reta, chegaria a 4,600m e mais 60km em fio de protensão. Cada viga (jacaré) de sustentação de cada vão da arquibancada, no total de 89, pesa 10 toneladas, no total de 845 toneladas.

A largura da parte mais alta chega a 8,5 x 4,20m na parte mais baixa, com 6m em média. O total é de 33 vãos desses e o total chega a 650 peças, com o peso médio de 1m3 de concreto. As 650 peças perfazem o total de 1.625 toneladas. E soma-se a isso as passarelas que chegam a 118m3 ou 296 toneladas.

Toneladas de cimento, ferro e pregos

Foram usados até julho, 19.299 sacas de cimento, trabalhou-se 18.716 dias, e investido o total de 2.727m3 de concreto e 98 mil kg de ferro, 1,3 mil quilos de arame e 688k de pregos.

Visto por satélite

Por suas gigantescas dimensões, o Grande Templo, localizado à Avenida Andrea Matarazzo (Via Norte), no Parque Industrial (Tanquinho), pode ser visto por satélite pelo Google Earth, opção satélite – insira: avenida andrea matarazzo, ribeirao preto, sp, e siga o trajeto da mesma, sentido São Paulo, até chegar ao templo. Você verá a abóbada prateada, do lado direito da avenida, e, se clicar nela, terá ampliada a sua imagem.

Sistema de captação de água pluvial

Politicamente correto, o templo contará com sistema ecológico e de proteção ao Meio Ambiente, por meio da captação da água da chuva. Segundo o líder da Região Eclesiástica de Ribeirão Preto, pastor Antônio Santana, “queremos realizar algo que venha glorificar ao Senhor e, por isso, vamos caminhar de forma a não postar-se na contramão da proteção do ecossistema. Daí o nosso interesse de aproveitar as dimensões da estrutura da cobertura e usá-la para a captação de água pluvial”.

Read Full Post »

Uma carreta com capacidade para 25 toneladas partiu para o Rio de Janeiro, ontem (26), com doações de Ribeirão Preto (SP). Os produtos foram arrecadados pela Assembleia de Deus, com matriz à Rua Álvares de Azevedo, na Vila Tibério. Todos quantos trabalharam na coordenação da campanha, arrecadação e no carregamento do caminhão estavam visivelmente sensibilizados. O pastor da Igreja, Antônio Silva Santana, disse que a igreja permanece a cumprir o seu papel, com demonstração de amor fraternal, como ocorre desde a Igreja Primitiva, em Jerusalém.

 

Pastor Santana se envolveu e até mesmo no carregamento do caminhão

A Campanha SOS Rio de Janeiro – Doações para as Vítimas da Catástrofe na Região Serrana – envolveu toda a igreja da região eclesiástica de Ribeirão Preto, que compreende a Grande Ribeirão Preto, cidades vizinhas e parte de Minas Gerais. A igreja em Sertãozinho arrecadou três caminhões e de São Sebastião do Paraíso (MG), um.

O pastor-presidente fez o apelo e a igreja toda aderiu. Mas não foram somente fiéis da Assembleia, que aderiram à campanha. Segundo pastor Santana, amigos, familiares, comerciantes, empresários e até a Polícia Militar se envolveram na campanha.

 

Várias dependências da igreja foram usadas para armazenar os produtos doados

As doações estão sendo encaminhadas para áreas específicas em Nova Friburgo, com acompanhamento de equipes locais, contatadas anteriormente. Na semana passada, um grupo esteve no local e levou, em uma van, 2 mil quilos de produtos. Todo o cuidado fora tomado para que a ajuda chegue diretamente às pessoas necessitadas.

 

Jovem da igreja que se envolveu na campanha

A mesma equipe acompanha a carreta e, igualmente, fará contato com coordenadores da distribuição em Nova Friburgo. Além disso, desde a arrecadação, o transporte e distribuição serão documentados em vídeos, fotos e textos.

 

Pastor Santana, coordenadores e grupo que ajudou a carregar a carreta em frente ao templo-central

Lista de produtos

Foram contabilizados 9 mil litros de água mineral em garrafas pet; 800 caixas-kits de roupas para adultos, adolescentes e infantis, tanto feminino quanto masculino, todos separados por faixa etária e sexo; 160 cestas básicas; 300 caixas com 24 unidades cada uma de biscoito Wafer; 4 fardos de arroz com pacotes de 5 quilos; 7 fardos de 20 unidades cada de óleo de cozinha; 30 fardos de 24 unidades cada de papel higiênico; 14 caixas de 24 unidades cada de leite em pó Ninho; 25 caixas de fraldas descartáveis de vários tamanhos; 15 caixas de 12 unidades cada uma de caixas de leite; 8 caixas com 20 unidades cada de macarrão; 4 caixas de achocolatado; 8 caixas de velas; 10 caixas com 6 unidades em cada uma de água sanitária;  30 kits para limpeza (com vários produtos); 5 caixas com 24 unidades cada uma de detergente; 1 televisão; 1 geladeira; 1 máquina de lavar roupa; 3 camas; 3 colchões para solteiro, 2 para casal e 2 para bebê;  10 vassouras; 8 rodos; 6 pás de lixo; 10 baldes de plástico.

“Graças a Deus fomos bem-sucedidos. O povo atendeu com muito carinho, ao sentirem a dor do povo fluminense e cada um fez o que pode, para amenizar a dor das vítimas da tragédia”, ressaltou pastor Santana.

O transporte dos produtos está sendo efetivado gratuitamente por uma carreta da Lealdade Transportes.

CORREÇÃO – Erramos na informação acima, pois o transporte fora custeado pela própria igreja e não fora realizada gratuitamente.

 

Read Full Post »

Older Posts »