Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Brasília’

Acompanhe a eleição da CGADB:

17h35: Novo presidente da CGADB deve ser conhecido até as 20h. Acompanhe a apuração aqui no blog.

17h31: Daqui a pouco vamos postar mais informações sobre o término da votação.

16h42: “O uso excessivo de epônimos e a supersimplificação da história”. Leia aqui.

16h13: Várias seções já não tem mais filas de espera e registra até 50% de ausência.

Visitei as seções 88, 89, 90 e 95 que estão vazias, há mais de 1 hora. Nelas a presença chega em média a 50%.

Na 90ª dos 175 ministros, somente 90 votaram. Na 89, dos 222 cerca de 110 votaram.

A mesma média repetiu-se nas outras e o tempo médio usado foi de 4 minutos.

15h58: CGADB perdeu seu objetivo com tempo total limitado a discussões de gastos e custos e outros temas; nada de interesse à Igreja.

15h33: Esposa do diretor da CPAD teria um polpudo salário que chegaria a R$ 40 mil. Saiba mais.

15h14: Muitas seções já estão vazias e as que constatei – cerca de 6 – só receberam em média 50% dos eleitores.

15h06: Pastor Samuel Câmara tem computados 11 mil votos sem contar com dissidentes de convenções que votam fechadas em pastor José Wellington. Essa conta está bem enxuta.

14h43: Segundo minhas previsões a 41ª CGADB terá entre 17 e 19 mil eleitores dos 24.2 mil inscritos. Ganha quem receber entre 9 e 10 mil votos.

13h48: Muitos convencionais se mantém nas filas dado a lentidão dos votos.

13h37: Liminar derruba eleição do Conselho da CPAD e volta à determinação de eleição somente na sexta (12). Saiba mais.

13h03: Deputado Marco Feliciano (PSC/SP) chegou agora para votar. Está cercado de seguranças.

13h00: A previsão é de que o horário-limite (17h) ultrapasse dado a lentidão do processo.

12h37: Após votar o eleitor recebe um comprovante idêntico ao da eleição secular.

12h29: ´É um jornal´, disse um ministro após votar, referindo-se aos inúmeros nomes e dimensão da cédula.

12h00: As filas de votação não andam. Segundo um eleitor (já votou) não é possível votar com menos de 4 minutos.

20130411-143903.jpg
11h50: Pastor Antônio Carlos Lorenzetti, presidente da Comissão Eleitoral disse que seu chapéu – tipo Panamá – será ícone de sua aproximação e risco de prisão para quem for flagrado em fraude.

11h41: Com liminar que derruba a que pastor José Wellington conseguira pela manhã (dia 10), eleição do Conselho Administrativo da CPAD torna-se sem efeito.

10h39: Foram montados 90 guichês de atendimento com 35 ativos. As instalações e número de ministros, ônibus e outros veículos tornaram o parque pequeno..

20130411-142739.jpg
10h15: Gigantescas filas para retirada de crachá de acesso à votação ainda persistem. Crachá tem código de barras para acesso eletrônico em catracas.

Anúncios

Read Full Post »

Com a nova liminar concedida hoje (10) em Manaus, reeleição de Wellington Junior, como presidente do Conselho Administrativo da CPAD, tornou-se sem efeito.

A eleição, conforme a primeira liminar (e não sentença, conforme publiquei erroneamente), deveria ocorrer na sexta, após a eleição da mesa diretora da CGADB. A eleição ocorreu à revelia mas, hoje, pela manhã, advogados de pastor José Wellington conseguiram liminar, com juiz de plantão, mantendo a eleição.

Mais tarde, a liminar foi restabelecida e tudo voltou como antes, conforme despacho abaixo:

Assim, ao constatar a presença dos requistos autorizadores para a concessão do efeito pretendido – fumaça do bom direito e perigo na demora -, defiro o pedido liminar, atribuindo efeito ativo ao presente recurso. Determino, ainda, e utilizando o poder de publicitação das decisões judiciais, além da urgência que a situação fática exige, que esta decisão vale como comunicação à quem de direito. Determino, também, à Secretaria do plantão que comunique esta decisão pelos meios processuais próprios, especialmente os eletrônicos, com a urgência necessária”.

Read Full Post »

20130408190913-LOGO-41-AGO-box

Brasília deve receber até quinta-feira, 19 mil ministros do Evangelho das Assembleias de Deus de todo o Brasil, do total de 24,2 mil inscritos.

Algumas discordâncias já despontam no primeiro dia. Por exemplo, todos os assuntos em pauta estão sendo rejeitados e seguem para votação no plenário, por meio de sistema eletrônico.

O primeiro deles foi à rejeição da indicação do pastor Oscar Moura (ES), ligado ao pastor José Wellington, a 3º tesoureiro. O cargo seria criado pela aprovação, pois até hoje a entidade atua com somente dois. O terceiro nome cobriria a ausência em caso de vacância no cargo.

Rejeição

Também as contas da CGADB foram igualmente rejeitadas. No primeiro caso, o resultado teve a diferença de 1.370 votos contrários, do total de 6.365 (3.868 a 2.497).

Nota-se que os apoiadores de pastor Samuel Câmara votam em conjunto e essa diferença reflete a posição a respeito dessa disparidade.

A plenária conta, por enquanto, com cerca de um terço de inscritos, que deverão comparecer na sua totalidade, na quinta-feira (11), dia da eleição – das 8 às 17h.

Movimentação

Chegam a cada momento, no gigantesco espaço no Parque das Nações, caravanas enormes, provenientes de lugares distantes, como uma do Pará, com 20 ônibus.

Transformação do DF

O distrito federal foi transformado num grande centro de ajuntamento de ministros do Evangelho. Praticamente toda a rede hoteleira está comprometida e a movimentação é notável.

Previsão

Dos 24 mil inscritos cremos que o total não ultrapassará ao número de 19 mil, a considerar os 25% ausentes na última eleição em Vitória (ES). Desse total, quem ultrapassar a 9,5 mil votos favoráveis, ganha a presidência leva a CGADB.

Fora

Segundo a Comissão Eleitoral mais de 600 ministros tiveram suas inscrições indeferidas por questões de comprovante de inscrição – pagamento – não condizente com a regra exposta em edital.

Muitos desses pastores – a maioria mantendo a simplicidade cristã – apresentaram recibos manuscritos e outros fizeram depósitos em conta (da CGADB), portanto, sem recibo comprobatório – o boleto.

Ainda segundo a Comissão Eleitoral, outros cerca de 600 nem mesmo compareceram, pois, de antemão, sabiam da impossibilidade.

Também informou que o dinheiro `pago` deverá ser ressarcido. O pedido de ressarcimento deve ocorrer por meio de ofício com os comprovantes de depósito junto a Secretaria da CGADB.

Acesso eletrônico

O sistema de acesso ao plenário é efetivado por meio de catraca eletrônica – tipo ônibus – com leitura de código de barras nos próprios crachás.

Presidente do Conselho Administrativo

Embora com sentença que determina que a escolha do Conselho Administrativo da CPAD, editora assembleiana, ocorra após a eleição, pastor José Wellington determinou a eleição da citada diretoria e presidência, agora (dia 9, 18h30).

A eleição-escolha realizada entre presidentes de convenções regionais é presidida pelo pastor Ubiratan Batista Job (RS).

Feliciano

O plenário aprovou moção de apoio ao deputado assembleiano Marco Feliciano, ligado ao Belenzinho-SP, que segue perseguido por eclesiofóbicos.

Read Full Post »