Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘mudança de estatutos’

Com o fechamento das inscrições para a participação da Assembleia Geral Extraordinária, em Maceió, de 6 a 8 de junho, no último dia 30, já se tem a indicação do calor da próxima eleição, em abril de 2013.

Imagem

Centro de Eventos da Assembleia de Deus em Alagoas

Dos 2.923 inscritos, o maior número foi da Convenção do Amazonas, com 506 ministros, seguida da Convenção da Igreja em Belém, com 397 e da Confradesp, do Belenzinho, em São Paulo, com os mesmos números – 397. Depois seguem as de Alagoas, com 203; a Ceader (Rio), com 165; da Bahia (Ceadeb), com 101, Ciadseta-TO, com 99 e a do Pará, com 60.

As duas maiores inscrições vêm do Norte, com os irmãos-presidentes, pastores Jônatas Câmara (Amazonas) e Samuel Câmara, Belém (PA). As inscrições destas duas convenções chegam a um terço do total, isto é, 31% – 903 inscritos. Estes números indicam a demonstração de força e que pastor Samuel Câmara permanece na disputa pela presidência da CGADB.

Por outro lado, outras duas leituras que se têm é a falta de interesse geral, em função de os assuntos a serem discutidos – mudanças no Estatuto Social e no Regimento Interno – não despertarem interesse e ainda por questões de distanciamento do calor político. Mesmo assim, o encontro servirá de demonstração de ânimos.

Também nota-se o baixo interesse e questões remanescentes de algumas lideranças de destaque no cenário da CGADB, como as somente três inscrições da Convenção do Mato Grosso (Comademat), presidida pelo pastor Sebastião Rodrigues; Santa Catarina, quatro; Paraíba (Ceadep), cinco; Comoespo (Ipiranga-SP), três; Cedader (Roraima), um, Comadeja (Japão), dois; Confradb-EUA, um.

Assuntos tranquilos

Segundo pastor Antonio Dionizio, membro da mesa diretora da CGADB a baixa procura dá-se em função de os assuntos pautados não serem de relevância. Para ele, o destaque fica por conta da criação da figura do terceiro tesoureiro, justamente para dinamizar o sistema e evitar vacância, como ocorrera recentemente com a renúncia do primeiro tesoureiro, pastor Antônio Santana.

“Os demais assuntos são de menor importância, pois a mudança nos estatutos e no regimento interno são adequações simples e que não alteram rumos”, ponderou pastor Dionizio.

Local

A AGE ocorre em junho, no Centro de Eventos da Assembleia de Deus em Maceió, presidida pelo pastor José “Neco” Antônio dos Santos. Conhecido como Castelo do Desfiladeiro, o local, bem amplo, está no Conjunto Napoleão Viana de Oliveira, próximo ao Aeroporto e distante de comércio ou outro tipo de mercado. Porém, é um empreendimento assembleiano admirável e que demonstra a liderança ministerial e a capacidade administrativa eclesial do bom alagoano e amigo, José Neco.

Read Full Post »

Convenção Geral realizada em Porto Alegre, a primeira a mostrar o grande número de ministros interessados

Dentre as propostas a serem discutidas está a mudança do credo, conforme convocação: “Proposta de reforma do Credo oficial das Igrejas Evangélicas Assembleias de Deus no Brasil, com a inclusão do mesmo no Estatuto Social da CGADB, com a sugestão de inclusão nos Estatutos das afiliadas, em razão da proteção constitucional prevista no artigo 5º, inciso VI, da Constituição Federal à liberdade de crença e de consciência, em razão de mudanças previstas na legislação, ora em apreciação pelos órgãos legislativos próprios”. O texto da Constituição federal diz o seguinte:

Art. 5º “Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes: VI – é inviolável a liberdade de consciência e de crença, sendo assegurado o livre exercício dos cultos religiosos e garantida, na forma da lei, a proteção aos locais de culto e a suas liturgias”.

Conforme edital de convocação, a reunião deve ocorrer em Maceió, nos dias 6 a 8 de junho, no Centro de Eventos da AD, presidida pelo pastor José Antonio dos Santos. O objetivo é “apreciar e deliberar sobre a reforma do Estatuto Social e Regimento Interno”, conforme se estabelece na pauta, “sem a inclusão de qualquer outro assunto”.

Propostas

“Reforma do Estatuto formulado pela Comissão designada pela Mesa Diretora, que altera os artigos 8º, incisos II e IV, 15, § 6º, 37, inciso IV, 45, 84 e 86, inciso II, do Estatuto Social”; e “proposta de reforma do Regimento Interno, com a adequação do mesmo em razão das mudanças aprovadas no Estatuto Social”.

O que os artigos dizem?

Os artigos que estão em pauta de discussão tratam dos seguintes assuntos, conforme o Estatuto da CGADB:

Artigo 8º: Trata dos “deveres dos membros da CGADB”;

Inciso II: da obediência ao credo doutrinário das ADs;

Inciso IV: do pagamento da taxa integral de inscrição;

Artigo 15º: (Capítulo das Eleições). Fala de impedimentos previstos no artigo 11º (por medida disciplinar aplicada pela Convenção Geral; inadimplentes com a CGADB e CPAD, ausentes e diretores da CPAD), e que qualquer membro pode candidatar-se a qualquer cargo da Mesa ou do Conselho Fiscal, mediante requerimento até o último dia útil de outubro do ano antecedente à data das eleições;

Parágrafo 6º: Trata dos dois tesoureiros que devem ser da região da sede da CGADB, no caso Sudeste;

Artigo 37º: Trata da composição da Mesa: presidente, cinco vices, cinco secretários e dois tesoureiros;

Inciso IV: Trata dos tesoureiros;

Artigo 45º: Estabelece a competência dos tesoureiros e diz sobre a respectiva substituição em caso de impedimentos ou vacância;

Artigo 48º: Diz respeito às atribuições do secretário-adjunto;

Artigo 84º: Trata da Senami e sua diretoria;

Artigo 86º: Trata do fundo convencional, destinado a prover as despesas dos órgãos da Convenção Geral, a critério da Mesa Diretora, com repasse mensal de 3% da faturamento bruto da CPAD e ressarcimento de despesas de componentes dos órgãos de CGADB.

Programação e inscrições

Abertura dia 6, quarta-feira, às 19h e primeira sessão, dia 7, das 9h às 17h, com intervalo para almoço das 12h às 14h. A segunda e última sessão será realizada no dia seguinte, com a mesma programação e o encerramento poderá ser antecipado, caso os assuntos se esgotem antes do tempo final previsto.

As inscrições poderão ser realizadas a partir do dia 30 de março, até às 16 horas (horário bancário) do dia 30 de abril, somente pelo site da CGADB (www.cgadb.org.br), mediante pagamento da taxa irrestituível de R$ 100,00, através de boleto bancário disponibilizado no site.

Os inscritos terão direito a almoço e jantar no dia 7, e almoço no dia 8, sem custo adicional. A inscrição somente será efetivada após a comprovação pelo estabelecimento bancário. Somente poderão se inscrever os ministros que estiverem adimplentes com as suas anuidades.

A pesquisa para acompanhar a situação da inscrição deverá ser feita no próprio site da CGADB a partir de 72 horas (dia 4 de maio), após o encerramento das inscrições. Mais informações ou consultas poderão ser realizadas na sede social da CGADB, à Avenida Vicente de Carvalho, 1.083, Rio de Janeiro (RJ), ou pelos telefones 21-3351.3054, 3351.3387 e 3351.5256.

Read Full Post »