Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Igreja Batista’

Bastante claro, objetivo e em tom de alerta a toda a nação, pastor Paschoal Piragine Jr., da Primeira Igreja Batista em Curitiba, por meio do vídeo de cerca de 10 minutos e bem produzido, postado no Youtube, esclarece sobre os riscos de domínio, caso políticos petistas e de partidos com o mesmo ideário, cheguem ao Congresso e Governo federal.  Acostumar-se com a prática da iniquidade é o principal motivo que leva o povo a tornar-se promíscuo e sem freios, observou o líder cristão.

Ele fala em legislação da iniquidade – quando o homem se acostuma a pecar e se envolve em fatos que não mais ferem a sua suscetibilidade e o respeito à dignidade e moral humanos.

“O PT fechou questão sobre tais assuntos”, alertou e ainda citou o documento divulgado pela Igreja Católica Romana, por meio da CNBB (leia abaixo), em que conclama os seus fiéis a não votarem nos candidatos do PT. A gota d’água foi a expulsão de dois deputados católicos do PT, por terem se manifestado contra o aborto.

O Governo petista fechou questão sobre a aprovação do aborto, casamento entre pessoas do mesmo sexo, troca de sexo, patrocinado pelo SUS, adoção por homossexuais, proibição de se falar contra homossexuais – Lei da Mordaça – dentre outros… Estas buscas fazem parte do pacote PNDH-3, já ‘engatilhado’ para ser aprovado no próximo Governo, caso Dilma vença.

Por outro lado, Lula já exigiu, sob risco de perde do cargo, que todos os ministérios dêem apoio a questões ligadas a tais liberalizações, como os ministérios da Saúde e da Justiça, dentre outros, que estarão à disposição de todos os simpatizantes de tais ‘iniquidades’, casos queiram apoio.

Leia Nota da CNBB

CNBB pede que fiéis não votem em Dilma

RIO – A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) divulgou uma carta na última segunda-feira na qual pede que os fiéis não votem na candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff. Leia a carta na íntegra:

“Dai a César o que é de César e a Deus o que é de Deus. Com esta frase Jesus definiu bem a autonomia e o respeito, que deve haver entre a política (César) e a religião (Deus). Por isto a Igreja não se posiciona nem faz campanha a favor de nenhum partido ou candidato, mas faz parte da sua missão zelar para que o que é de “Deus” não seja manipulado ou usurpado por “César” e vice-versa.

“Quando acontece essa usurpação ou manipulação é dever da Igreja intervir convidando a não votar em partido ou candidato que torne perigosa a liberdade religiosa e de consciência ou desrespeito à vida humana e aos valores da família, pois tudo isso é de Deus e não de César. Vice-versa extrapola da missão da Igreja querer dominar ou substituir-se ao estado, pois neste caso ela estaria usurpando o que é de César e não de Deus.

“Na atual conjuntura política o Partido dos Trabalhadores (PT) através de seu IIIº e IVº Congressos Nacionais (2007 e 2010 respectivamente), ratificando o 3º Plano Nacional de Direitos Humanos (PNDH3) através da punição dos deputados Luiz Bassuma e Henrique Afonso, por serem defensores da vida, se posicionou pública e abertamente a favor da legalização do aborto, contra os valores da família e contra a liberdade de consciência.

“Na condição de Bispo Diocesano, como responsável pela defesa da fé, da moral e dos princípios fundamentais da lei natural que – por serem naturais procedem do próprio Deus e por isso atingem a todos os homens -,denunciamos e condenamos como contrárias às leis de Deus todas as formas de atentado contra a vida, dom de Deus,como o suicídio, o homicídio assim como o aborto pelo qual, criminosa e covardemente, tira-se a vida de um ser humano, completamente incapaz de se defender. A liberação do aborto que vem sendo discutida e aprovada por alguns políticos não pode ser aceita por quem se diz cristão ou católico. Já afirmamos muitas vezes e agora repetimos: não temos partido político, mas não podemos deixar de condenar a legalização do aborto. (confira-se Ex. 20,13; Mt 5,21).

“Isto posto, recomendamos a todos verdadeiros cristãos e verdadeiros católicos a que não dêem seu voto à Senhora Dilma Rousseff e demais candidatos que aprovam tais “liberações”, independentemente do partido a que pertençam.

Dom Luiz Gonzaga Bergonzini”

Anúncios

Read Full Post »

Líder batista brasileiro morre aos 77 anos no Texas

Líder batista brasileiro morre aos 77 anos no Texas

Com 77 anos de idade, o líder batista, passou para a Eternidade ontem, dia 19 nos Estados Unidos, após sofrer um AVC e ser internado na última quinta-ferira em hospital de Houston, Texas. Ele e sua esposa Helga foram conhecer a netinha mais nova, Nataly.

Segundo o blog da Igreja Batista Memorial de Niterói (IBMN), o corpo de seu líder será cremado nos Estados Unidos amanhã (dia 21) e não será trazido ao Brasil. No dia 4 de outubro será realizada uma cerimônia de homenagem póstuma na IBMN fundada por Fanini e pela Câmara Municipal da cidade.

Um homem reconhecido e de biografia  invejável

Pastor Nilson do Amaral Fanini formou-se no Seminário Batista do Sul e foi consagrado ao santo ministério, na Igreja Batista da Tijuca, Grande Rio, em novembro de 1955. Casou-se nos Estados Unidos com Helga Kepler Fanini. No Texas, onde fez mestrado, nasceu o seu primeiro filho, Otto Nilson. Atualmente todos os três filhos moram nos EUA. Ao voltar para o Brasil, assumiu a Primeira Igreja Batista em Vitória.

Em 1964, pastor Fanini assumiu a Primeira Igreja Batista em Niterói (PIBN). Foi ainda presidente da Convenção Batista Brasileira (CBB), por 12 vezes. Lançou também no Brasil a ideia, hoje bastante difundida inclusive entre pentecostais, denominada Missões Urbanas, que entre esses, acabou por substituir o ministério de Evangelista.

Fundou inúmeras organizações, implantou dezenas de projetos, recebeu dezenas de títulos honoríficos e realizou a polêmica visita ao líder católico romano João Paulo II. Lançou programas no rádio e tevê, para a transmissão do Evangelho, seminários e fora eleito para inúmeros cargos na diretoria nacional e internacional da Igreja Batista. Realizou várias cruzadas em mais de 100 países e celebrou mais de 10 mil batismos. Dentre os cargos importantes ocupados, destaca-se o da presidência da Convenção Batista Fluminense, da Convenção Batista Brasileira (CBB) e da Aliança Batista Mundial (BWA, sigla em inglês).

Em 2004, a igreja em Niterói, a qual liderava contava com 13.275 membros. No ano seguinte, uma série de desencontros o levou ao desligamento da Primeira Igreja Batista de Niterói. Em seguida, pastor Fanini organizou a Igreja Batista Memorial em Niterói, à Rua São Lourenço, 88, no bairro de São Lourenço, atualmente, com 400 membros.

Deixa a viúva Helga Kepler Fanini, os filhos Otto Nilson, Roberto, Margareth e netos.

Fontes: Thereza Christina Jorge, diretora do Departamento de Comunicação da Igreja Batista Memorial em Niterói e Convenção Batista Carioca.
Foto: ibmemorial.blogspot.com

Atualização em 21/09/2009 (1h33)

Read Full Post »