Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Homossexualidade’

Bastante claro, objetivo e em tom de alerta a toda a nação, pastor Paschoal Piragine Jr., da Primeira Igreja Batista em Curitiba, por meio do vídeo de cerca de 10 minutos e bem produzido, postado no Youtube, esclarece sobre os riscos de domínio, caso políticos petistas e de partidos com o mesmo ideário, cheguem ao Congresso e Governo federal.  Acostumar-se com a prática da iniquidade é o principal motivo que leva o povo a tornar-se promíscuo e sem freios, observou o líder cristão.

Ele fala em legislação da iniquidade – quando o homem se acostuma a pecar e se envolve em fatos que não mais ferem a sua suscetibilidade e o respeito à dignidade e moral humanos.

“O PT fechou questão sobre tais assuntos”, alertou e ainda citou o documento divulgado pela Igreja Católica Romana, por meio da CNBB (leia abaixo), em que conclama os seus fiéis a não votarem nos candidatos do PT. A gota d’água foi a expulsão de dois deputados católicos do PT, por terem se manifestado contra o aborto.

O Governo petista fechou questão sobre a aprovação do aborto, casamento entre pessoas do mesmo sexo, troca de sexo, patrocinado pelo SUS, adoção por homossexuais, proibição de se falar contra homossexuais – Lei da Mordaça – dentre outros… Estas buscas fazem parte do pacote PNDH-3, já ‘engatilhado’ para ser aprovado no próximo Governo, caso Dilma vença.

Por outro lado, Lula já exigiu, sob risco de perde do cargo, que todos os ministérios dêem apoio a questões ligadas a tais liberalizações, como os ministérios da Saúde e da Justiça, dentre outros, que estarão à disposição de todos os simpatizantes de tais ‘iniquidades’, casos queiram apoio.

Leia Nota da CNBB

CNBB pede que fiéis não votem em Dilma

RIO – A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) divulgou uma carta na última segunda-feira na qual pede que os fiéis não votem na candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff. Leia a carta na íntegra:

“Dai a César o que é de César e a Deus o que é de Deus. Com esta frase Jesus definiu bem a autonomia e o respeito, que deve haver entre a política (César) e a religião (Deus). Por isto a Igreja não se posiciona nem faz campanha a favor de nenhum partido ou candidato, mas faz parte da sua missão zelar para que o que é de “Deus” não seja manipulado ou usurpado por “César” e vice-versa.

“Quando acontece essa usurpação ou manipulação é dever da Igreja intervir convidando a não votar em partido ou candidato que torne perigosa a liberdade religiosa e de consciência ou desrespeito à vida humana e aos valores da família, pois tudo isso é de Deus e não de César. Vice-versa extrapola da missão da Igreja querer dominar ou substituir-se ao estado, pois neste caso ela estaria usurpando o que é de César e não de Deus.

“Na atual conjuntura política o Partido dos Trabalhadores (PT) através de seu IIIº e IVº Congressos Nacionais (2007 e 2010 respectivamente), ratificando o 3º Plano Nacional de Direitos Humanos (PNDH3) através da punição dos deputados Luiz Bassuma e Henrique Afonso, por serem defensores da vida, se posicionou pública e abertamente a favor da legalização do aborto, contra os valores da família e contra a liberdade de consciência.

“Na condição de Bispo Diocesano, como responsável pela defesa da fé, da moral e dos princípios fundamentais da lei natural que – por serem naturais procedem do próprio Deus e por isso atingem a todos os homens -,denunciamos e condenamos como contrárias às leis de Deus todas as formas de atentado contra a vida, dom de Deus,como o suicídio, o homicídio assim como o aborto pelo qual, criminosa e covardemente, tira-se a vida de um ser humano, completamente incapaz de se defender. A liberação do aborto que vem sendo discutida e aprovada por alguns políticos não pode ser aceita por quem se diz cristão ou católico. Já afirmamos muitas vezes e agora repetimos: não temos partido político, mas não podemos deixar de condenar a legalização do aborto. (confira-se Ex. 20,13; Mt 5,21).

“Isto posto, recomendamos a todos verdadeiros cristãos e verdadeiros católicos a que não dêem seu voto à Senhora Dilma Rousseff e demais candidatos que aprovam tais “liberações”, independentemente do partido a que pertençam.

Dom Luiz Gonzaga Bergonzini”

Anúncios

Read Full Post »

 

 

A negação da capacidade racional de definir, conhecer a verdade e de solucionar questões humanas, nunca foi tão clara como nos dias atuais. O irracionalismo é prato cheio a pessoas que perderam a condição de enxergar o que se vê. Uma das provas tão evidentes do mundo pós-moderno está na desfaçatez de um sujeito que pretende lançar a Bíblia do Homossexual.

 

Ora, toda e qualquer pessoa pode construir uma versão própria da Bíblia, pois ninguém o poderá impedir. Porém, obvio que a edição não conseguira importar a inspiração e o valor implícitos nas Sagradas Letras. Será um plágio e nada mais. E já que ele tenta induzir à crença de que seu invento carregará suporte para acomodar os mesmos valores, não deveria ele usar a própria Bíblia, ou, ao menos entender que, ao subtrair valores imutáveis e eternos, aceitos pelos povos, evidenciados por milhares no decorrer da História humana e comprovados pelas leis naturais, mostrará uma nova coisa, totalmente avessa à primeira? Se assim ocorrer, onde estaria o real valor, senão em suas propostas medíocres?

 

Confesso: Não tive nenhum ímpeto de escrever sobre o assunto pelo produtor de filmes norte-americano Max Mitchell, pois você há de convir comigo que existem fatos que extrapolam a racionalidade humana e que, portanto, não merecem nem mesmo citação. Porém, tratando-se das Sagradas Escrituras e como o Diabo inspirou essa verve a essa criatura, não poderia deixar de oferecer um pequeno escrito a respeito. Mas, confesso, faço-a com asco.

 

A própria revelação divina alerta há séculos, e evidencia acontecimentos que são flagrantes de desregramento humano: “Mas o Espírito expressamente diz que, nos últimos tempos, apostatarão alguns da fé, dando ouvidos a espíritos enganadores e a doutrinas de demônios, pela hipocrisia de homens que falam mentiras, tendo cauterizada a sua própria consciência” e “Sabe, porém, isto: que nos últimos dias sobrevirão tempos trabalhosos; porque haverá homens... blasfemos..., profanos, sem afeto natural, irreconciliáveis...”, 1Tm 4.1-2; 2Tm 3.1-2.

 

A suposta Bíblia da Princesa Diana a ser produzida pelos Estúdios Revisão, com sede no Novo México (EUA), declara que Deus instrui que "é melhor ser gay do que heterossexual" (© 2008 WorldNetDaily), tem como ponto de partida o  projeto cinematográfico, chamado Horror in the Wind (Horror ao vento), em que uma substância levada pelo ar "muda a orientação sexual do mundo".

 

Veja que horror é, além de “sensação arrepiante de medo” também “repulsa, aversão, ódio” ou ainda “aquilo que inspira horror”. Horror ao vento é a melhor definição que esse próprio indouto pode alcançar.

 

Read Full Post »