Feeds:
Posts
Comentários

Archive for 14 de julho de 2016

APOSTOLOS

A primeira menção de batismo, após João Batista, é o de Jesus (Mt 3). A pregação de João alcançava moradores de Jerusalém, Judéia e redondezas do Jordão (v5), mas também, com a formação de discípulos, a tendência foi óbvia: expansão desse batismo para outras regiões, pois os discípulos de João também batizavam.

Seu batismo alcançava desde a população de judeus em geral, os leigos, quanto a líderes religiosos (v7).

Percebe-se que esse mesmo batismo foi praticado pelos discípulos de Jesus e absorvido pelo novo rito instituído  por Jesus (Mt 28; At 1.5s; Rm 6.4s).

A menção indireta, mas a indicar a possibilidade de os discípulos terem sido batizados está em João 4.1-2.

Este é o caminho natural de todo discipulado. Torna-se discípulo e, depois, forma outros, usando o mesmo processo pelo qual foi submetido.

Também em 3.22 temos a menção dos discípulos batizando, portanto a sugerir que eles passaram determinado tempo batizando na Judéia.

Também não fica claro o tipo de batismo, mas parece indicar à semelhança do de João.

 Exemplo que envolveu apóstolo Paulo

Apóstolo Paulo, inserido como um dos 12 e como Apóstolo dos Gentios foi batizado por Ananias (At 9.18) e reforça a ideia do batismo dos demais.

Há ainda a defesa de que os discípulos foram batizados pelo SENHOR no Cenáculo, por meio do Espírito  Santo. Há um paralelo entre o acesso à unção do Espírito Santo e a capacitação discipular por meio do batismo.

Quando apóstolo Paulo depara com  discípulos em Efésios, que não conheciam o Espírito Santo, após saber que eram  batizados por João, os rebatiza (único rebatismo mencionado) em nome de Jesus e, então, eles foram cheios do Espírito Santo.

Outra menção que argumenta a possibilidade de os apóstolos terem sido batizados está no fato descrito pelo texto do discurso entre Jesus e João, segundo Crisóstomo: ‘Eu sou o que o que deve ser batizado por ti’, e que, então, depois de ser batizado, o SENHOR o batizado também. Este fato está descrito em livro apócrifo.

Concluindo podemos afirmar que há indicação indireta de batismo dos discípulos, porém, não existem provas diretas, pois não temos menção nos Evangelhos do batismo em águas dos apóstolos, embora fique subentendido terem sido batizados.

Read Full Post »