Feeds:
Posts
Comentários

Archive for 6 de maio de 2012

“E ao anjo da igreja de Tiatira escreve: Isto diz o Filho de Deus, que tem seus olhos como chama de fogo, e os pés semelhantes ao latão reluzente: Eu conheço as tuas obras, e o teu amor, e o teu serviço, e a tua fé, e a tua paciência, e que as tuas últimas obras são mais do que as primeiras. Mas tenho contra ti que toleras Jezabel, mulher que se diz profetisa, ensinar e enganar os meus servos, para que se prostituam e comam dos sacrifícios da idolatria. E dei-lhe tempo para que se arrependesse da sua prostituição; e não se arrependeu. Eis que a porei numa cama, e sobre os que adulteram com ela virá grande tribulação, se não se arrependerem das suas obras. E ferirei de morte a seus filhos, e todas as igrejas saberão que eu sou aquele que sonda os rins e os corações. E darei a cada um de vós segundo as vossas obras. Mas eu vos digo a vós, e aos restantes que estão em Tiatira, a todos quantos não têm esta doutrina, e não conheceram, como dizem, as profundezas de Satanás, que outra carga vos não porei. Mas o que tendes, retende-o até que eu venha. E ao que vencer, e guardar até ao fim as minhas obras, eu lhe darei poder sobre as nações e com vara de ferro as regerá; e serão quebradas como vasos de oleiro; como também recebi de meu Pai. E dar-lhe-ei a estrela da manhã. Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas.”, Ap 2.18-25.

Abrangência/época: De600 a 1517 (Ap 2.18-29).

Significado: Relaxada (Mulher opressora).

Fato crítico: Líder feminina que ensina a tolerância ao pecado – v20.

Elogio: Crescimento nas obras – v19.

Exortação: Reter o que tem – v25.

Galardão ao que vencer: 1) Poder sobre as nações;

                                     2) a Estrela da Manhã – a Luz Eterna (Cristo) – v26-28.

Significado histórico: Decadência da Igreja.

Identificação

Na época de Tiatira, conforme a história contemporânea, a Igreja viveu a escuridão do conhecimento. Isso ocorreu durante o período da Idade Média. A leitura da Bíblia era proibida e somente o clero e alguns reis e nobres tinham acesso ao conhecimento. O povo em geral, não conhecia nada sobre a revelação divina aos homens, pois nem mesmo sabiam ler. O conhecimento foi-lhes negado, e pela própria Igreja, que dominava o mundo, com os reis e poderosos.

Imagem

Informações históricas da cidade

Hoje é Akhissar, na Turquia, localizada a cerca de 60km a sudoeste de Pérgamo, entre esta e Sardes. Na época bíblica, embora fosse uma cidade pequena, por sua influência industrial, que contava com operários cristãos. Atos 16.14, trata de uma crente de nome Lídia, que vivia do ramo industrial dessa cidade: “E uma certa mulher, chamada Lídia, vendedora de púrpura, da cidade de Tiatira, e que servia a Deus, nos ouvia, e o Ssenhor lhe abriu o coração para que estivesse atenta ao que Paulo dizia”. Seu nome pode ter sido, na verdade, um cognome em função de ela ser de Tiatira, a capital da Lídia (dos lídios) na Ásia Menor, daí poderia ter recebido o apelido de Lídia, como sobrenome, pois na época, usava-se muito a referência de procedência como sobrenome. Temos os exemplos bíblicos, como Jesus de Nazaré, Paulo de Tarso, viúva de Naim…

Segundo informações arqueológicas, em Tiatira havia uma indústria crescente de púrpura.

Triunfo sobre tentativa de destruição

Triunfou em Tiatira a doutrina baloanista, nicolaitista e jezabelista, a ponto de constituírem a “profundeza de Satanás” (v24).

Jezabel é a mulher que fundamentou certa doutrina herege. É o nome que se dá a quem está no meio, no sistema, mas não faz parte originalmente dele. E por meio de sua doutrina são introduzidos todos os deuses regionais, como a própria esposa de Acabe fez em Israel.

As mulheres de outras nações, quando se casavam com reis de Israel, traziam consigo os seus deuses. Isso eles faziam para não serem totalmente intrusas ao novo e estranho ambiente e para que não fossem destruídas pelos deuses da casa, criam. Então, levavam sempre as suas estátuas protetoras para livrá-las e protegê-las. Assim fez Jezabel e todas as esposas de Salomão procedentes de nações vizinhas: “E o rei Salomão amou muitas mulheres estranhas, e isso além da filha de Faraó, moabitas, amonitas, edomitas, sidônias e hetéias, das nações de que o Senhor tinha dito aos filhos de Israel: Não entrareis a elas, e elas não entrarão a vós; de outra maneira, perverterão o vosso coração para seguirdes os vossos deuses”, 1Re 11.1-2.

Elas levaram seus deuses (que perverteram Salomão) como

1)      Astarote (deusa dos sidônios);

2)      Milcom (dos amonitas);

3)      Quemos (dos moabitas);

4)      Moloque (dos amonitas) – v5-7.

“E assim fez para com todas as suas mulheres estrangeiras, as quais queimavam incenso e sacrificavam aos seus deuses”, v8.

O caso da moabita Rute, nora de Noemi, esclarece esse costume ao optar em ser fiel ao Deus de sua sogra e deixar para trás os deuses moabitas. Noemi diz a Rute: “Eis que voltou a tua cunhada (Ofra) ao seu povo e aos seus deuses; volta tu também após a tua cunhada. Disse, porém, Rute: Não me instes para que te deixe e me afaste de ti; porque, aonde quer que tu fores, irei eu e, onde pousares à noite, ali pousarei eu; o teu povo é o meu povo, o teu Deus é o meu Deus”, Rt 1.15-16

Jezabel foi uma mulher dominadora e sedutora, contrastando com Apocalipse17, aprostituta – sistema religioso, que domina o mundo, assentada sobre sete montes, a partir de onde Roma teria sido fundada em 753aC. Leia Apocalipse 17.

Lídia a vendedora de púrpura, que se converteu ao Evangelho era de Tiatira. Ela chegou a oferecer sua casa como hospedagem e Paulo (At 16.14-45). Parece que Tiatira possuía uma indústria de tinturaria. Púrpura era utilizada para tingir tecidos; mas havia também o tecido purpurino, que figurava como referência à riqueza.

Negativos em Tiatira

1)      Aceitação de Jazebel e de seus ensinos,

2)      Submeter-se aos seus enganos (prostituição),

3)      Crentes liberais – não atentam para a proibição de coisas sacrificadas a ídolos.

Riqueza em destaque na Igreja

1)      Obras,

2)      Amor,

3)      Serviço,

4)      Fé,

5)      Paciência,

6)      Obras crescentes (2.19).

A última parte do versículo indica que a perseguição fez com que a igreja criasse volume nas obras, com a ideia de maior investimento a partir da busca espiritual. Portanto, a vida espiritual ativa, às vezes ocasionada pelas lutas, torna-se producente.

Prêmio ao que vencer

1)      Domínio e regência das nações (cf 1Pd 2.9),

2)      Reinado (sobre povos) – Ap 22.5,

3)      Poder divino para domínios (Ap 20.4),

4)      Receberá a Estrela da Manhã (brilho de Jesus).

Anúncios

Read Full Post »