Feeds:
Posts
Comentários

Archive for 16 de maio de 2011

Empresário bem-sucedido na vida secular, pastor João Carlos Padilha de Siqueira, saudosa memória, fora convocado para a obra do Senhor e deixou tudo para servi-lo. Embora todos os filhos de pastor Carlos Padilha tenham espaço ministerial, João Carlos fora escolhido para suceder o pai, justamente por sua postura, com perfil de bom administrador e homem de decisões rápidas.

Casou-se novo e tomou o rumo empresarial, no que foi bem sucedido, mas acabou abandonando o mercado de gado, para trabalhar com ‘ovelhas’, do Reino de Deus.

Amigos que o acompanharam, disseram que tudo acontecia de forma rápida na vida desse homem. E ele mesmo reconhecia isso.

Seu ministério fora dividido em três etapas distintas, com pouca variação:

1) 7 anos em Pontal de Paranapanema;

2) 7 anos em Piedade;

3) 7 anos em Presidente Prudente (6,5 anos).

Apesar do apoio de seu pai, homem reconhecido e respeitado por sua postura e histórico ministerial, Carlos Padilha tinha vida própria. Um câncer terminou com sua existência humana, mas não tirou-lhe a promessa Eterna e suas marcas como ministro do Senhor.

Presença Celestial

No final, a família esteve reunida em vigília, para buscar resposta do Senhor por meio de um milagre. Todos se reuniram em seu quarto, onde oraram e cantaram ao Senhor, enquanto João Carlos somente mexia com as mãos, como se estivesse regendo, pois já não mais falava.

Um dos irmãos fez uma consagração de alguns dias ao Senhor, quando João Carlos disse-lhe:

– Já estou pronto!

Seu médico também teria falado com alguém da igreja, reconhecendo, de forma indireta, o poder da oração, como prolongamento de sua existência, e pediu para que a família parasse de orar.

O mesmo irmão que apresentou consagração ao Senhor, chegou a pensar, durante oração, em seu quarto:

– Desça Senhor neste lugar…

no que pastor João Carlos apontou e fez sinal, movendo as mãos, querendo indicar, segundo o irmão, a presença de anjos. No dia anterior, ele também chegou a arregalar os olhos e apontar!

Substituto

Após a morte do filho, pastor Carlos Padilha fora empossado e recebido em pé por toda a igreja. A região eclesiástica de Presidente Prudente chegou a ser cobiçada e até cogitou-se a posse e mudança de liderança, mas pastor Padilha, homem sério e de prestígio, antecipou-se a fatos e possíveis dissabores, ao reassumir a liderança. Sua decisão foi acatada e aplaudida por toda a igreja.

Read Full Post »