Feeds:
Posts
Comentários

Archive for 2 de janeiro de 2011

 

Templo da AD em São José dos Campos alvo da disputa. (Foto: O Vale)

Sob o título acima, o jornal O Vale do Paraíba (de São José dos Campos-SP) – um dos 5 maiores jornais do interior de SP –, publicou em seu site a notícia sobre a invasão por homens armados e contratados para retomar o domínio da igreja. Segundo o jornal, “Ação teria sido liderada pelo antigo pastor, que tenta reassumir controle da igreja” (O Vale, 2/jan/2011, 8h30).

André, um dos filhos do pastor Samuel Câmara, em seu twitter, anunciou que “capangas de uma milícia encomendados por inimigos da igreja em São José dos Campos invadiram a igreja armados e agrediram irmãos”.

André Câmara também acusa o envolvimento da AD em Belenzinho, ao afirmar que um dos filhos do seu vice-presidente estava presente na invasão.

“Em mais um episódio da disputa pelo poder na Igreja Assembleia de Deus, na rua Conselheiro Rodrigues Alves,  no centro de São José dos Campos, o templo foi invadido às 14h de sábado por um grupo de oito pessoas armadas, que causaram bastante tumulto em frente ao templo. Eles quebraram a porta da entrada (de vidro) e teriam agredido os fiéis que se opuseram à invasão. Quatro pessoas sofreram lesões leves e registraram boletim de ocorrência”, noticia o jornal.

Perdeu, perdeu!

Conforme o jornal, o grupo armado entrou gritando, em assalto “Perdeu, perdeu! “Eu estava conversando com os irmãos quando os elementos armados entraram gritando: ‘Perdeu, perdeu! Vocês vão ter que sair da igreja’, revelou o advogado Renato Alves de Souza, 42 anos”.

Na informação do jornal, o advogado Georges Salim Assad Júnior, que representa pastor Samuel, o grupo é liderado pelo pastor Luiz Sellari. Ele quer retomar o poder da igreja, renunciado em 2009 e repassado, por meio de acordo, ao pastor Samuel Câmara. Na época, pastor Sellari estava brigado com o Belenzinho, mas, reatou os laços de amizade e teria recebido apoio para mudar sua posição.

No domingo passado, deveria ter ocorrido um culto em ação de graças pela retomada do poder, após Sellari ganhar liminar de recondução ao cargo. Ele até fora escolhido para ser o pregador, porém, a retomada não ocorreu, uma vez que membros da igreja impediram o cumprimento da ação judicial de posse, comandada por um oficial de Justiça, escoltado por policiais militares. Segundo informação extra-oficial o antigo pastor não é aceito pela maioria, mas teria apoio de um pequeno grupo.

Hoje (3) deverá ocorrer uma assembleia para definir o destino da igreja, a partir da eleição de uma diretoria provisória, segundo o advogado de pastor Samuel Câmara. Ele adiantou que não há respaldo nos estatutos para a volta de Sellari.

O Vale informou também que segundo “pastor Raimundo Coelho Amaral, 42 anos, Sellari teria deixado um rombo de R$ 3 milhões nos cofres da igreja” e “Agora que o pastor Câmara pagou essa dívida eles querem retomar a igreja”, disse.

Sellari excluído

A repórter da Rede Boas, Joyce Vieira, informou no seu perfil no twitter que igreja excluiu pastor Sellari e que haverá caminhada amanhã até o Fórum. “mais uma informação sobre a AD em São José dos Campos: foi aprovada a ata da exclusão do pastor Luiz Sellari do corpo de membros da igreja” e que “Amanhã, meio-dia, vai ter uma marcha da igreja AD São José dos Campos até o foro p/ pedir ao juiz q a liminar caia”.

Read Full Post »