Feeds:
Posts
Comentários

Archive for 30 de maio de 2009

Degradação Moral

Semelhanças entre o que ocorre hoje e a época pré-diluviana

 A Folha SP (Folha Online) publicou pesquisa que indica o crescimento de violência motivada por provocações de imagens de garotas na rede web. Sob o título Imagem provocante na web aumenta risco para garotas, diz estudo, o texto indica que “Fotos provocantes em sites de relacionamento ou uso de avatares com figuras ´sexies´ – como os que podem ser criados no aplicativo BuddyPoke do Orkut – aumentam os riscos de adolescentes sofrerem violência, afirma um estudo, a ser publicado na edição de junho da revista Pediatrics“´.

“Em alguns sites e aplicativos, como no BuddyPoke, do Orkut, e no mundo virtual Second Life, usuários podem criar um personagem para representá-los no mundo virtual. Os internautas têm centenas de possibilidades de tamanhos e formas e podem escolher entre pessoas completamente vestidas até quase nuas.”

“Os pesquisadores citam no estudo o ´efeito Proteus´, que significa a ideia de que a representação de alguém pode afetar seu comportamento – ou o de quem o está recebendo. “As autorrepresentações podem mudar a maneira como internautas interagem, de uma forma que aumenta o risco de assédios sexuais on-line.” (26/5/2009, 17h41-Folha Online).

A degradação humana avança com velocidade tão descontrolada, que o próprio homem não sabe onde esse caminho vai dar, pois não tem antídotos.

 No livro da Criação – o primeiro do Livro Sagrada das revelações do Criador ao homem – temos um retrato semelhante.

 Mulheres formosas e provocantes

Os mesmos sintomas levaram o mundo à destruição por meio do Dilúvio. O primeiro texto diz: “Viram os filhos de Deus que as filhas dos homens eram formosas; e tomaram para si mulheres de todas as que escolheram”, Gn 6.2. O retrato era mais ou menos o seguinte: Pessoas outrora piedosas, que detinham uma vida exemplar conforme preceitos divinos, respeitadoras e que não se deixavam levar pela lascívia pecaminosa, introduzida ao mundo pelo Diabo, passaram a ser atraídas pela luxúria à vista de todos.

O ataque constituiu-se numa forma de o Espírito Opositor interferir na linhagem humana e impor um novo ser, totalmente desprovido da semelhança divina (à imagem e semelhança do Criador, cf Gn 5.1-2), e, assim, impedir que a profecia de Gênesis 3.15 pudesse ocorrer. Isto é, o nascimento de Jesus a partir de uma linhagem humana. Por meio da mulher.

Semente da mulher?… Só milagre!

A conceição virginal (e não nascimento virginal) deveria ocorrer a partir do milagre, conforme profecia: “Da semente (do grego sêmen) da mulher”. Ora, sabe-se que a mulher não tem sêmen (semente), mas o homem! (Leia Gênesis 4.25). 

Bem, se o Espírito Opositor – o Diabo – pudesse interromper a sequencia da linhagem humana, por meio da introdução de um ‘novo ser humano´, provocaria, inevitavelmente, o impedimento de o cumprimento da profecia e, portanto, da revelação do Salvador – Jesus.

Essa forma de intrometimento tem a efetiva participação humana, mas a partir da investida de espíritos imundos, que levam o homem ao desvanecimento.

Alteração do instinto humano

Depois que o ser humano experimentar experiências que fogem às suas práticas comuns, admissíveis e naturais, o segundo retrato que se vê, está no mesmo capítulo: “… a maldade do homem se multiplicara sobre a terra… a imaginação dos pensamentos do seu coração era só má continuamente”, Gn 6.5. Imaginação é equivalente a instinto humano.

A idéia que se tem é que as filhas de Deus não se expunham como as que haviam se contaminado. É algo para ser profundamente analisado, que em outra oportunidade poderemos publicar um tratado sobre esse tema.

No outro extremo, na revelação das coisas futuras, da Bíblia fala do resultado do mesmo fato, na pré-Volta de Jesus: “… beberam do vinho da ira da sua prostituição… e os mercadores da terra se enriqueceram com a abundância de suas delícias”, Ap 18.3.

O texto trata da degradação na terra por meio de seus moradores, tomada por Babilônia, símbolo de todas as práticas sexuais pecaminosas, que vão de encontro à natureza humana. Tais pecados levaram Babilônia a tornar-se “morada de demônios, e coito de todo espírito imundo, e coito de toda ave imunda e aborrecível”, Ap 18.2.

Portanto a corrupção é do homem (o gênero) e não somente fêmea ou macho. Os dois têm participação efetiva na auto-destruição.

Igual aos dias de Noé

E o que disse Jesus?: “E, como foi nos dias de Noé, assim será também a vinda do Filho do homem. Porquanto, assim como, nos dias anteriores ao dilúvio, comiam, bebiam, casavam-se e davam-se em casamento, até ao dia em que Noé entrou na arca, e não o perceberam, até que veio do dilúvio, e os levou a todos – assim será também a vinda do Filho do Homem”, Mt 24.37-39 (Sermão Profético de Jesus).

Anúncios

Read Full Post »