Feeds:
Posts
Comentários

Archive for 10 de março de 2009

CONVENCIONAIS VOTARÃO EM DUAS URNAS 

TRE do Espírito Santo vai disponibilizar 175 urnas, funcionários e acompanhamento técnico durante eleição da CGADB 

TRE do Espírito Santo dará todo o suporte necessário para a eleição da CGADB (foto TSE)

TRE do Espírito Santo dará todo o suporte necessário para a eleição da CGADB (foto TSE)

 Durante a eleição da próxima CGADB, os ministros assembleianos inscritos votarão em duas urnas. É que as urnas do sistema eleitoral brasileiro não comportam 18 cargos, mas somente 10, no máximo. Então o eleitor votará em uma urna para os cargos de presidente, vices (5) e 1º e 2º tesoureiros (2), totalizando oito cargos. Depois, para os 10 restantes: primeiro, segundo, terceiro, quarto e quinto secretários (5), e para conselheiros fiscais, respectivamente das 5 regiões (5), no total de 10 cargos. 

Esta é uma das informações divulgadas durante a reunião preparatória para a 39ª Convenção Geral (CGADB), realizada no dia 4 (mar), entre membros da mesa diretora, da Comissão Eleitoral, candidatos e convidados no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Espírito Santo.

 

“A certificação dos nomes, números e respectivas fotos, além de número de urnas e eliminação de dúvidas por técnicos do TRE capixaba, foram os principais motivos que nos levou a Vitória”, informou o presidente da CGADB, pastor José Wellington.

 

Os convencionais terão à disposição 175 urnas e cerca de 30 reservas, para substituição, caso alguma apresente defeito. Toda a programação das urnas, como a inserção de nomes, números e fotos dos candidatos, sua lacração (que ocorrerá no início de abril), treinamento dos mesários, acompanhamento técnico durante a eleição e a presença de funcionários do TRE, para a substituição de urnas, caso seja necessário, estarão à disposição da Comissão Eleitoral da CGADB, observou pastor José Wellington, “pois o TRE é o órgão responsável pelas urnas e respectiva programação para a eleição assembleiana, que ocorre no dia 23 em Serra, no Espírito Santo”, disse o líder.

 

Os próprios candidatos presentes foram os primeiros a constarem a transparência que a Comissão Eleitoral já adiantara sobre essa eleição da CGADB. Os presentes fizeram o teste digitando seus números e visualizando suas fotos nas urnas eletrônicas.

Atualização em 14/03/09.

 

Esta matéria poderá ser reproduzida com citação de fonte/crédito (Blog Fronteira Final, pastor Antônio Mesquita é presidente do Conselho de Comunicação e Imprensa da CGADB).

Read Full Post »